SPFW: as tendências de make da passarela que vão bombar em 2017

Adriana Douglas

Maquiador Marcos Costa destaca as apostas para olhos, boca e pele que fizeram sucesso nos desfiles da São Paulo Fashion Week N43

O maquiador Marcos Costa em ação nos bastidores do desfile da marca Lab durante a SPFW N43.


A 43ª edição da São Paulo Fashion Week, que aconteceu entre os dias 13 e 17 de março, reafirmou mais uma vez a vontade de aproximar as tendências fashion da realidade do consumidor final. De olho na estação outono-inverno 2017, os desfiles desta temporada ditaram não apenas as apostas para a moda, mas também o que deve bombar no quesito beleza, com maquiagens mais praticáveis para o dia a dia das mulheres. 

Pele natural e iluminada

Quase uma unanimidade nos backstages, o acabamento da pele com pegada mais natural serviu de moldura para bocas e olhos bem marcados. “É o estilo no make up com um detalhe no rosto”, explica o maquiador Marcos Costa. O efeito clean, segundo ele, é garantido simplesmente com uma base hidratante ou corretivo, que uniformizam a pele de forma leve e orgânica.

A onda minimalista com poucos elementos visuais ainda deu espaço aos iluminadores e blushes rosados, que se fizeram presentes nas composições para dar um toque de frescor aos visuais. Looks monocromáticos e em tons nude marcaram as passarelas de marcas como MEMO, A. Niemeyer, Amir Slama, Fabiana Milazzo, Lilly Sarti e Lab – esta última com beleza assinada por Costa. 
 

Pele natural e iluminada nos desfiles de Amir Slama e Lab.


Olhos gráficos e coloridos

Outra tendência da temporada são os olhos com delineadores gráficos, que voltaram a aparecer nas passarelas desta edição. “Vale tudo: olho quadrado, olho retangular, bold ou com contornos mais finos”, aponta Costa, que usou até batom grafite metalizado para compor os olhos retangulares do desfile de Lino Villaventura. Os dark eyes foram a aposta de beauté nos desfiles de Juliana Jabour, Animale, GIG Couture e Ellus 2nd Floor - que veio com um conceito de olho gatinho vazado.

No lado oposto da cartela de cores, as grifes Vitorino Campos e PatBo trouxeram os tons saturados e vibrantes dos anos 80 para a composição dos makes. Efeito esfumado nas pálpebras, acabamento glossy e delineado no canto interno dos olhos apareceram em amarelo, azul claro, pink e vermelho. Nestes casos, com os olhos ultra coloridos, as bocas ficaram ao natural ou com batons nude.
 

Olhos gráficos bem pretos no desfile de Lino Villaventura, e a make ultra colorida de Vitorino Campos.


Bocas brilhantes e escuras

Falando em boca, Marcos Costa destaca as cores e texturas que invadiram as passarelas e devem fazer sucesso nas ruas: batons escuros, em tons grafite, preto e vinho, e batons com gloss, que dão efeito de boca laqueada. “O negócio é apostar em bocas que causem impacto já que a pele vem mais natural”, diz ele. De acordo com o maquiador, o batom metalizado também vem com tudo em 2017. “As cores grafite, uva e vermelho são chiques na versão metalizada”, acrescenta. Para apostar desde já!
 

Batom vinho no desfile da Tig e boca com efeito laqueado na passarela da Patbo.


Copyright fotos: Deividi Correa, Francisco Cepeda e Raphael Castello/AgNews

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto