Aprenda a usar o corretivo de maneira adequada

Carolina Ferreira

O produto sempre gera dúvidas na hora de usar, mas é indispensável para esconder imperfeições na pele

O corretivo pode ser usado para esconder as olheiras. @Istock/monkeybusiness


O uso do corretivo é sempre tema de dúvidas no processo da maquiagem. Qual tom escolher? Antes ou depois da base? Líquido ou em pó? Para sanar estas e outras questões, a Revista da Mulher conversou com especialistas experientes na área de beleza.

Antes de iniciar a make, é preciso entender qual a função do corretivo. O produto pode ser usado para disfarçar as olheiras, para cobrir a cicatriz, para sumir com as manchas de espinhas ou gravidez, para amenizar os vasinhos, para esconder a tatuagem e até mesmo como iluminadores. 

Na hora de escolher seu corretivo, muita atenção. Não cometa o erro de optar por  um tom mais claro. Marcos Costa, maquiador oficial da Natura, explica que o corretivo precisa ter a mesma tonalidade da cor da pele. Para isto, não teste os produtos nas costas das mãos ou no braço, mas sim no rosto, onde ele será aplicado.

Para aplicar o corretivo sem erros

Sobre a ordem da aplicação dos produtos, Costa diz que há dois caminhos possíveis: aplicar base e corretivo separadamente ou misturar os dois produtos e então aplicar depois. Caso opte pelo primeiro método, comece pela base e depois aplique o corretivo em cima, fazendo movimentos de batidinhas com os dedos.

"Para quem estiver sem tempo, a dica é misturar a base ao corretivo no dorso da mão e passe de uma só vez. Quem não gosta de base pode usar apenas o corretivo, nas olheiras e onde mais for necessário, como manchas e espinhas”, explica o maquiador da Natura.

No mercado, há opção de corretivos em pó e líquido. Para o maquiador Ricardo Moreno, da Esmell Leblon, a melhor opção são os líquidos ou  matificado/mousse.

“Varia de acordo com o tom de pele. Se for oleosa ou mista, opte pelos fluidos, que são mais secos, e matificados. Já se for seca, pode apostar em um líquido”, aconselha o especialista.

Pincéis para aplicação do corretivo

O corretivo pode ser aplicado com o dedo, dando batidinhas suaves na área escolhida. Para quem preferir o pincel, Costa indica três opções:

  • o língua de gato, que também pode ser usado para bases;
  • o  duo fiber, que é ideal para produtos líquidos; 
  • e o chanfrado, que se encaixa direitinho na região dos olhos.

Escondendo olheiras e espinhas

Independente da forma de aplicação, o maquiador de Natura lembra que o importante é ir criando as camadas que vão esconder as olheiras aos poucos, preservando o aspecto de segunda pele da maquiagem. Quem tem pele mista ou oleosa deve finalizar com pó compacto, que fixa o corretivo na área.

Já para disfarçar aquela espinha inconveniente com a técnica certa, use o corretivo de mesmo tom que sua pele, pontualmente na área afetada. Para evitar contaminação do produto, coloque-o no dedo e, então, aplique-o na espinha. Para manchas e bolsas, a recomendação é a mesma.

Os corretivos coloridos

A beauty artist Thai Medeiros explica que os corretivos coloridos, na verdade, são corretores. Ou seja, eles servem para anular as cores de manchas de olheiras e espinhas muito fortes, quando os corretivos não dão conta do recado. 

“Para usar, sobre o corretor, aplica-se o corretivo e depois a base. Sempre em uma  camada fina. Na escolha da cor, a lógica é o círculo cromático. Usa-se sempre a cor oposta à cor da mancha”, conta Thai.

Segundo a especialista em maquiagem, existe uma função para  cada cor:

  • corretivo verdes - corrige cicatrizes de acne avermelhadas 
  • corretivo amarelo -  ideal para a olheira arroxeada
  • corretivo lilás - cobre manchinhas amarelas ou marrons.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto