Correr pode retardar o avanço do câncer de mama

A redação
Novo estudo científico revela que exercícios físicos aeróbicos desaceleram o crescimento de tumores malignos e tornam a quimioterapia mais eficaz

Exercícios aeróbicos retardam crescimento de células cancerígenas, revela estudo.

Além dos benefícios para a boa forma e a saúde, as atividades físicas aeróbicas têm se mostrado também eficazes na luta contra o câncer de mama. Um estudo realizado em camundongos pelo Centro de Pesquisas Médicas e Científicas da Duke University, nos Estados unidos, concluiu que exercícios físicos prolongados, como correr, nadar ou caminhar, são capazes de modificar a estrutura biológica de certos tumores malignos.

Isso ocorre porque as estruturas sólidas dos tumores podem se desenvolver de forma própria, gerando algumas células menos oxigenadas, chamadas hipóxicas. A falta de oxigênio nas células dificulta o efeito dos quimioterápicos e propaga o avanço da doença no organismo.

As pesquisas feitas em laboratório identificaram um aumento da oxigenação dos tumores hipóxicos, em cobaias submetidas a exercícios aeróbicos. Esse efeito retarda o avanço de mais células cancerígenas e torna a ação de medicamentos mais eficaz, elevando a chance de cura do câncer de mama.

A busca por maneiras de aumentar o fluxo de oxigênio para os tumores tem sido um dos principais focos em pesquisas sobre o combate ao câncer. Os principais centros de estudos clínicos do mundo vêm testando, em animais e pessoas, substâncias que alteram os sinais bioquímicos dos tumores e levam a um crescimento mais lento das células cancerígenas. Mas nem sempre isso acontece e o tumor volta a crescer.

O que o estudo, publicado este mês no Journal of the National Cancer Institute, revela é a possibilidade de as atividades aeróbicas aumentarem o fluxo de oxigênio nos tecidos. E isso é considerado um avanço, justamente por tratar-se de um método natural, capaz de se tornar um excelente aliado aos demais tratamentos.

A pesquisa avaliou especificamente o câncer de mama, mas pode ser o primeiro passo para novos estudos sobre outras formas da doença. 

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

1 comentário

Muito bacana compartilhar dicas assim! É sempre importante estar com os exames em dia, muitas mulheres acabam descobrindo com estágios avançados :(

Escrevi um artigo sobre este assunto também: https://www.drentrega.com.br/bem-estar/dores-e-sintomas/previna-se-contra-o-cancer-de-mama