Ronaldo Fraga celebra a diversidade com modelos transgêneros

Jessica Krieger
O estilista levou 29 transexuais e travestis às passarelas do SPFW N42

Ronaldo Fraga ao final do desfile: moda como manifestação social.


Depois de festejar o amor e chamar a atenção para o drama dos refugiados no mundo todo, Ronaldo Fraga surpreendeu ao levar modelos transgêneros às passarelas da 42ª edição da SPFW. O teatro São Pedro, no centro da capital paulista, foi o palco do desfile que apresentou a coleção "El dia que me queiras".

Com vestidos em corte reto, que ganharam variações de estampas em cores mais sóbrias, o estilista se inspirou em shapes dos anos 20 e 30. Mangas, golas e detalhes em laços realçavam ainda mais a feminilidade das peças - uma crítica à falta de entendimento da diversidade do ser humano. 

No final, as modelos vestiram lingerie transparente preta e dançaram valsa no palco. E o tema representatividade, que permeou todo o desfile, foi destaque nas redes sociais, ficando entre os trending topics do Twitter na tarde desta quarta-feira (26).

Copyright foto: Reprodução/Twitter

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto