Angelina Jolie e Brad Pitt selam acordo temporário sobre guarda dos filhos, diz site

Adriana Douglas

De acordo com o E! News, a atriz ficará com a custódia dos seis filhos do casal enquanto o ator só poderá visitá-los sob supervisão de um terapeuta

Angelina Jolie e Brad Pitt anunciaram a separação em setembro deste ano.


A briga judicial entre Angelina Jolie e Brad Pitt pela guarda dos filhos parece ter ganhado um novo capítulo. Segundo informações do site americano E! News, o ex-casal acaba de firmar um acordo temporário que mantém a custódia das seis crianças com a atriz.

Segundo relatórios oficiais obtidos pela publicação, Pitt continuará a visitar os herdeiros sob supervisão de um terapeuta e deverá participar de sessões semanais de terapia individual. Os documentos também determinam que o ator frequente um programa de terapia em grupo e seja submetido a eventuais exames toxicológicos.

O acordo provisório entre os dois foi selado após o FBI encerrar oficialmente as investigações sobre um possível abuso físico do astro contra o filho mais velho, Maddox. Um representante da organização policial declarou ao site que o ator não será indiciado nas acusações de ter agredido o adolescente durante uma viagem de avião.

Vale lembrar que, em novembro, Pitt já havia sido inocentado das acusações de abuso infantil pelo Departamento de Serviços da Criança e da Família de Los Angeles. Em meados de outubro, o mesmo órgão também expandiu as investigações de abuso para a mãe, com o intuito de avaliar a relação da atriz com seus seis filhos - Maddox, de 15 anos, Pax, de 12, Zahara, de 11, Shiloh, de 10, e os gêmeos Knox e Vivienne, de 8.

Apesar de ter entrado em acordo com o ex-marido temporariamente, Angelina Jolie ainda está determinada a ter a guarda total das crianças, enquanto Brad Pitt briga pela guarda conjunta. Desde o divórcio do casal, anunciado em setembro deste ano, a atriz estaria sofrendo com toda a situação e teria perdido muito peso, chegando a ficar com apenas 34 kg


Copyright foto: Evan Agostini/AP/SIPA

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto