Debbie Reynolds, mãe de Carrie Fisher, morre aos 84 anos

Fernanda Lima

A atriz e dançarina que fez sucesso em "Cantando na Chuva" sofreu um acidente vascular cerebral nesta quarta-feira (28)

Estrela de "Dançando na Chuva" morre aos 84 anos.

 

Menos de 24 horas após a morte de Carrie Fisher, sua mãe, Debbie Reynolds, de 84 anos, faleceu nesta quarta-feira (28). O filho de Debbie, Todd Fisher, confirmou ao site TMZ que a mãe sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). "Ela está com Carrie e estamos todos de coração partido", afirmou à agência Associated Press. Segundo ele, a morte de sua irmã foi "demais" para a mãe.

Reynolds foi hospitalizada às pressas depois de passar mal na casa do filho, em Beverly Hills, onde discutia detalhes do funeral de Carrie Fisher. Ela chegou a ser levada para o hospital, onde ficou internada na UTI, mas não resistiu. De acordo com familiares, ela não estava bem desde a última sexta-feira (23), quando sua filha sofreu uma parada cardíaca durante um voo para Los Angeles. 

Debbie Reynolds nasceu no Texas, em 1932. A atriz e dançarina fez sucesso em 1952, quando fez o papel de Kathy em Cantando na Chuva (Singin' in the Rain). Já em 1955, ela atuou com Frank Sinatra em Armadilha Amorosa. Seu trabalho como a protagonista Molly Brown em A Inconquistável Molly, de 1964, rendeu sua primeira e única indicação ao Oscar.

Ela também foi indicada cinco vezes ao Globo de Ouro (1951, 1957, 1965, 1970 e 1997) e uma vez ao Emmy (2000) e ganhou diversos prêmios de menor expressão. Reynolds ainda atuou nos filmes Será que ele é? (1997) e O Guarda-costas (1992), entre outros, e em séries como Uma família da pesada (2008) e Will & Grace (1999-2006).

Copyright foto: JM11/WENN.COM/SIPA

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto