Magreza de Brad Pitt chama atenção no Globo de Ouro 2017

Adriana Douglas

Em meio à batalha judicial contra a ex-mulher Angelina Jolie, o ator fez uma aparição surpresa no evento após meses afastado dos holofotes

Apesar do visual abatido, Brad Pitt foi ovacionado pela plateia do Globo de Ouro 2017.


Em uma rara aparição pública, Brad Pitt surpreendeu muita gente neste domingo (08) ao fazer uma participação especial na cerimônia do Globo de Ouro 2017. Com a aparência visivelmente magra e abatida, o ator de 53 anos deu uma pausa no processo de divórcio da ex-mulher, Angelina Jolie, para apresentar um dos filmes vencedores da noite.

Sob muitos aplausos, Pitt subiu ao palco para introduzir um clipe de Moonlight, longa produzido por ele que recebeu o prêmio de Melhor Filme de Drama neste ano. A presença do ator foi recebida de forma calorosa por muitos amigos e colegas de Hollywood que estavam na plateia, entre eles o astro Matt Damon

Brad Pitt tem evitado os holofotes desde sua separação de Angelina Jolie, anunciada em setembro do ano passado. A atriz de 41 anos foi quem tomou a iniciativa do divórcio, alegando “diferenças irreconciliáveis” com o ex-marido. Na época, o ator chegou a ser investigado pelo FBI sobre um possível abuso físico cometido contra o filho mais velho, Maddox, durante uma viagem de avião da família. 

Após o fim do inquérito, o ex-casal selou um acordo temporário que mantém a custódia dos seis filhos - Maddox, de 15 anos, Pax, de 12, Zahara, de 11, Shiloh, de 10, e os gêmeos Knox e Vivienne, de 8 - com a atriz. Desde outubro, a decisão permite que Pitt faça visitas semanais aos herdeiros sob supervisão de um terapeuta

Enquanto a briga judicial pela guarda das crianças continua, Pitt e Jolie teriam concordado em manter o sigilo dos arquivos sobre seus filhos. O acordo teria sido feito depois que o ator acusou a ex-mulher de revelar publicamente os detalhes sobre o divórcio. Em resposta, os representantes de Jolie alegaram que o ator está “impugnando publicamente” a imagem da atriz e afirmaram que o público ainda “irá descobrir a verdade” sobre a separação.


Copyright foto: Paul Drinkwater/AP/SIPA

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto