Victor Chaves fala sobre agressão em vídeo: "Não machuquei ninguém"

Fernanda Lima

Cantor foi indiciado pela polícia civil após denúncia de que teria agredido Poliana Bagatini Chaves, sua esposa que está grávida 

Após ser indiciado, Victor fala sobre caso de agressão.

 

O cantor Victor Chaves foi indiciado por agressão nesta terça-feira (4) pela Polícia Civil de Minas Gerais. Caso seja condenado, o sertanejo poderá ser preso por 15 dias a três meses, além do pagar multa. Em defesa, o sertanejo um publicou um video em seu perfil no Instagram dando sua versão do que houve.

"Venho a público para esclarecer uma coisa que diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção, ou seja, não machuquei ninguém. O que pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava totalmente fora de si para pegar uma criança de um ano e pela minha filha o que eu fiz eu faria de novo, então tudo está sendo apurado devidamente", disse.

Victor foi acusado de agressão por Poliana Bagatini, sua esposa, em fevereiro. Grávida de quatro meses, a empresária registrou um boletim de ocorrência acusando Victor de jogá-la no chão e chutá-la várias vezes. A Delegacia Especializada de Proteção à Mulher de Belo Horizonte abriu inquérito para apurar o caso. O laudo do IML (Instituto Médico Legal) para lesão corporal deu resultado negativo,

O inquérito concluído pelos investigadores ontem teve como base o depoimento da vítima e as imagens de câmeras de segurança do prédio em que Poliana relatou ter recebido chutes do marido. Em entrevista ao Fantástico, Victor já havia pronunciado sobre o caso e negou as acusações de agressão. "Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos a minha esposa, que está grávida do João”, afirmou.

 

Cantor Victor se defende em rede social após indiciamento pela Polícia em MG O cantor foi indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais por vias de fato, que é uma contravenção penal, contra a mulher dele, Poliana Chaves. "Pessoal, eu venho a público para esclarecer uma coisa diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção. Ou seja, eu não machuquei ninguém. O que eu pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si de pegar uma criança de um ano. E pela minha filha, o que eu fiz, eu faria de novo. Então, tudo está sendo apurado devidamente", declarou o cantor. #victorchaves #polianabagatini @victorchaves @polianabagatini @pmvb_ #polianabagatinichaves

Uma publicação compartilhada por Fã-clube Poliana Bagatini (@polianabagatini_fc) em

 

Copyright foto: Caio Duran/AgNews

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto