Olivier Lapidus assume direção criativa da Lanvin

Jessica Krieger

O filho de Ted Lapidus foi escolhido para transformar a marca na "Michael Kors francesa"

Olivier Lapidus agora na direção da Lanvin. © Henri Collot/SIPA


Depois da saída de Alber Elbaz, foi Bouchra Jarrar quem estava liderando a criação da Lanvin nos últimos meses. Mas a grife anunciou nesta semana que, após 16 meses no cargo, ele foi substituído por Olivier Lapidus - o filho do lendário Ted Lapidus.

De acordo com o Business of Fashion, a missão de Olivier vai muito além de dirigir a maison. Com ele, a Lanvin almeja se transformar em uma marca menos couture e mais lifestyle, se tornando uma espécie de "Michael Kors francesa".

Outra mudança prevista é física: a Lanvin vai sair da sede de Boissy d'Anglas, onde estava desde 1889 quando Jeanne Lanvin a fundou. O estilista deve apresentar sua primeira coleção agora em setembro, durante os desfiles de Primavera/Verão 2018

O designer de 59 anos carrega consigo um dos sobrenomes mais conhecidos do mundo da moda. Seu pai marcou época, especialmente nos anos 60 e 70, com um estilo unissex que fez história. Olivier deixou a empresa da família há mais de 15 anos para inaugurar sua própria marca, a 'Création Olivier Lapidus', baseada no conceito "See now, buy now" - onde os clientes podem comprar online as peças imediatamente após o lançamento. 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto