Calcinha absorvente: chega ao mercado a primeira marca brasileira

Jessica Krieger

Conhecida como Pantys, a marca oferece calcinhas com tecnologia antimicrobiana e alto poder de absorção

Calcinha absorvente proporciona conforto e proteção durante o dia todo. © Divulgação


Muita gente ficou chocada quando a chef e apresentadora Bela Gil disse nas redes sociais que usava uma calcinha especial durante eu período menstrual. De olho neste público consciente do impacto ambiental, a marca Pantys acaba de lançar no mercado a primeira calcinha absorvente brasileira. Reutilizável, a peça com alto poder de absorção pode durar até dois anos. 

A calcinha é feita com tecido antimicrobiano com bloqueador de odores, que absorve em média o equivalente a dois absorventes externos. Segundo a Pantys, a calcinha absorvente pode ser usada de 6 a 10 horas, nos dias de fluxo mais intenso, e durante o dia todo, no caso de fluxo mais leve.   

A marca afirma que a ideia é tornar a rotina das mulheres mais simples e mudar a relação do universo feminino com o fluxo menstrual. Para isso, a Pantys pretende engajar mulheres com os mais diferentes tipos de corpo, com o lançamento de quatro modelos de calcinha - tanga, biquíni, clássica e hot pant, com preços que variam de R$ 75,00 a R$ 95,00. As peças podem ser adquiridas na loja virtual da empresa. 

Além do conforto e da segurança durante o período menstrual, a Pantys chama atenção para a conscientização do impacto ambiental que uma mulher pode produzir durante a vida fértil. São aproximadamente 450 ciclos menstruais, em média, 150 quilos de absorventes, que são descartados como lixo orgânico no meio ambiente.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto