Taylor Swift lança novo single, 'Look what you made me do'

Fernanda Lima

Música faz parte do álbum "Reputation", que será lançado no dia 10 de novembro

Taylor Swift divulga novo hit. © CALPIX/SIPA

 

Taylor Swift lançou, na madruga desta sexta-feira (25), seu novo hit, “Look What You Made Me Do”. Na música, Taylor diz frases como "eu não confio em ninguém e ninguém confia em mim", "não gosto de você" e "desculpe-me, mas a velha Taylor não pode atender ao telefone agora. Por quê? Porque ela morreu!". Para os fãs da cantora, o novo trabalho é diferente de tudo que ela já produziu.

O lyric video da música, divulgado no YouTube, já passou de 4 milhões de visualizações em menos de 24 horas. No Instagram, a cantora revelou ainda que o clipe oficial da música será lançado no próximo domingo (27), no VMA, além de mostrar a capa do novo disco, "Reputation".

Vale dizer que Taylor fez um grande suspense para lançar a nova música. Na semana passada, a loira apagou todas suas redes sociais e, poucos dias depois, começou a postar videos misteriosos que mostravam uma cobra. Em seguida, anunciou o lançamento do novo disco, que chegará às lojas no dia 10 de novembro. O álbum será o sucessor de "1989", lançado em 2014.

O hit pode ser uma indireta para Kanye West, com quem se desentendeu no ano passado depois que o rappper lançou a música "Famous", na qual chama a loira de "vadia". Dias depois, ele divulgou uma conversa telefônica com Taylor afirmando que ela havia concordado com a divulgação da música. Ela negou a informação. Dias antes do lançamento do novo hit de Taylor, Kim Kardashian compartilhou em seu Twitter uma mensagem com vários emojis de cobra, fazendo referência, provavelmente, aos videos misteriosos da cantora.

Coincidentemente (ou não), Katy Perry, conhecida como sua rival, também lançou o clipe de “Swish Swish” nesta quinta-feira. Rumores, porém, dizem que elas farão as pazes no próximo domingo, em performance no VMA, no qual Perry será a apresentadora. Confira o novo hit de Taylor:

 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto