Bruna Marquezine beija atriz na boca em protesto contra 'cura gay'

Fernanda Lima

Flora Diegues, parceira de Bruna na próxima trama das 19h da TV Globo, também aparece beijando Tatá Werneck em clique

Xô, preconceito: Bruna Marquezine protesta contra 'cura gay'. © AgNews/Anderson Borde

 

Bruna Marquezine se manifestou nesta terça-feira (19) contra a "cura gay", decisão da justiça do Distrito Federal que permite que psicólogos tratem gays e lésbicas como doentes. A atriz foi clicada dando um beijo em Flora Diegues, sua colega de elenco na novela Deus Salve o Rei, próxima trama das sete da TV Globo.

Na foto, postada no Instagram de Flora, a atriz aparece beijando não só Bruna, como também a atriz e apresentadora Tatá Werneck. “Hoje a gente acordou bem gay", escreveu ela na legenda. Tatá Werneck também está no elenco da próxima novela das sete.

Outras celebridades também se manifestaram nas redes sociais contra o novo projeto, como Carol Duarte, que vive Ivan em A Força do Querer, a jornalista e apresentadora Fernanda Gentil, o humorista Paulo Gustavo, a atriz Bruna Linsmayer, a cantora Preta Gil, entre outros.

Na novela Deus Salve o Rei, que estreia em janeiro de 2018, Bruna Marquezine viverá uma vilã. A trama será ambientada na Idade Média e se desenrolará entre dois reinos fictícios que entrarão em guerra. O elenco conta ainda com Marina Ruy Barbosa, Renato Góes, Johnny Massaro, Marco Nanini, Caio Blat, entre outros.
 

Hoje a gente acordou bem gay! @brumarquezine @tatawerneck @fenobre @juliaguerrac #deussalveorei #deusalveogay 🌈🌈🌈🌈

Uma publicação compartilhada por Flora Diegues (@flordiegues) em

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto