Pesquisa mostra que mais da metade dos brasileiros têm HPV

Fernanda Lima

Segundo o Ministério da Saúde, o vírus pode causar diversos tipos de câncer, como o de colo de útero e de pênis

Dados do Ministério da Saúde mostram que mais da metade da população tem HPV. © iStock/ruigsantos

 

Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (27) pelo Ministério da Saúde revelou um dado alarmante: mais da metade da população brasileira está infectada com o HPV, vírus causador do câncer de colo de útero, de pênis, de vulva, do canal anal, entre outros tipos de tumores. 

As relações sexuais são a principal forma de transmissão do vírus, mas ele também pode ser disseminado pelo sangue, por roupas ou objetos contaminados (como toalhas, roupas íntimas ou sabonetes), pelo beijo e durante o parto.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores entrevistaram 7.586 pessoas de 16 a 25 anos, das quais 2.669 foram submetidas ao teste de HPV. A partir dos exames, a prevalência estimada do vírus foi de 54,6% da população. Deste grupo, 38,4% apresentam tipos de HPV de alto risco para o desenvolvimento de câncer.

Ainda segundo a pesquisa, a capital com a maior taxa de prevalência de HPV é Salvador, com 71,9% da população infectada. Em seguida, aparecem Palmas (61,8%), Cuiabá (61,5%) e Macapá (61,3%). Na outra ponta da lista, com a menor prevalência, está Recife, com índice de 41,2%. A cidade de São Paulo tem taxa de 52%, próxima do índice nacional. 

Vale lembrar que a vacina contra o HPV está disponível gratuitamente em todos os postos de saúde do país para meninas de 9 a 14 anos. Neste ano, o imunizante também ficou disponível para meninos de 11 a 14 anos.

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto