Problemas no fígado: 7 sintomas de que algo não vai bem

Etiene Resende

Maior órgão do corpo, o fígado exerce mais de 500 funções diferentes e indica, por meio de sinais, quando está adoecendo

problemas no figado
Dores abdominais estão entre os sintomas dos problemas no fígado. © iStock

 

O fígado é um dos principais órgãos do corpo humano, ainda que muitas pessoas não tenham esta consciência. Talvez por isso não cuidem dele como se deve. Todo diagnóstico deve ser feito por um especialista, mas alguns sinais que surgem no corpo podem indicar a existência de problemas no fígado.

A importância do fígado para o corpo

De acordo com o gastroenterologista Quelson Coelho Lisboa, do Serviço de Gastroenterologia e Hepatologia do Hospital Felício Rocho, o fígado é o segundo maior órgão do corpo humano.  “É considerado como uma verdadeira máquina química, pois produz centenas de substâncias fundamentais, exercendo mais de 500 funções diferentes”, explica.

Dentre estas funções, o órgão é responsável por limpar o sangue, eliminando substâncias químicas nocivas e ajudando ainda no combate a diversas infecções. Algumas outras funções do fígado são:

  • regular os níveis de açúcares, gorduras e proteínas;
  • participar da digestão dos alimentos;
  • regular os níveis de vitaminas e minerais no corpo.
  • Além disso, é ele quem produz e regula os níveis de diversos hormônios no organismo, inclusive sexuais, o que faz dele um órgão vital para a nossa saúde.

Doenças do fígado

O especialista explica ainda que existem doenças que são próprias do fígado, como infecções, ou doenças genéticas. E em se tratando da saúde deste órgão,  o álcool é o grande vilão.

“O principal fator para doença no fígado ainda é o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Isto pode causar um dano rápido no fígado (hepatite aguda) ou alterar o fígado durante anos (hepatite crônica). Com isso, ele fica cicatrizado e vai parando de funcionar (cirrose hepática)”.

Outras causas recorrentes de problemas no fígado, considerados graves, são as infecções, com destaque para as hepatites virais (hepatite A, hepatite B ou hepatite C). Essas doenças, mesmo não sendo causadas pelo álcool, também podem causar hepatites agudas graves - ou mesmo levar à cirrose hepática.

Lisboa ressalta ainda que um problema que vem aumentando nos últimos anos é a chamada doença hepática gordurosa. “Ela é causada pelo acúmulo exagerado de gordura no fígado, em decorrência da obesidade e da falta de atividades físicas regulares. Esse excesso de gordura no fígado também pode causar cirrose e até o câncer no fígado”, alerta.

Atenção a 7 sintomas de problemas no fígado

Conhecendo a importância deste órgão para o corpo, é preciso ficar ainda mais atento e buscar ajuda médica sempre que perceber alguma alteração. Para isso é essencial saber quais são os principais sinais que podem indicar problemas no fígado. São eles:

  • cansaço;
  • perda do apetite;
  • dor abdominal;
  • peles e olhos amarelados;
  • coceira pelo corpo;
  • urina escura;
  • fezes muito claras.

Cuidando do fígado

Como ressaltam os especialistas, o melhor é evitar que as doenças apareçam. “Podemos tomar vários cuidados para manter o fígado sempre saudável, entre eles, evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e também o uso de medicamentos sem necessidade ou sem orientação médica”, afirma o gastroenterologista.

Já no caso das infecções, como hepatite A e hepatite B, elas podem ser evitadas com vacinas. “Por fim, devemos procurar praticar atividades físicas regulares, manter uma alimentação equilibrada, evitar o ganho de peso e a obesidade”, conclui Quelson Coelho Lisboa.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto