Os 10 mais comuns motivos de briga de casal

Ana Paula Cardoso

Divergência sobre educação dos filhos e questões de alimentação estão entre as principais causas de desavenças no casamento

Expectativas não atendidas são o cerne de uma briga de casal.

 

Não existe uma estatística levantada pelo IBGE, mas o certo é que em qualquer roda de amigos sempre, quando o assunto gira em torno de briga de casal, é possível identificar muitas causas em comum. A Revista da Mulher resolveu trazer um pouco destes papos de boteco e salão de beleza para este artigo.

Escutamos alguns casais que contaram suas experiências. Para dar uma consistência à conversa, chamamos a psicóloga e terapeuta de casal Helena Monteiro para avaliar os 10 motivos de briga de casal mais apontados por nossa pesquisa informal.

"Na verdade, o grande ponto em comum das motivações que desencadeiam uma briga de casal é uma palavra muito conhecida: expectativa", define a psicóloga. Desentendimentos entre casais, portanto, costumam acontecer quando alguma atitude ou comportamento de uma das partes acontece de forma completamente diferente do que o outro esperava.

Veja a seguir algumas das principais causas de desavenças no relacionamento amoroso. 

 

Os 10 motivos mais comuns para uma briga de casal

1) Celular

Os aparelhinhos cheios de funcionalidades podem tanto favorecer quanto destruir um relacionamento. E se por um lado o sexting e as mensagens amorosas e ou um bate-papo por vídeo à distância amenizam a saudade, por outro o excesso de atenção ao smartphone quando os dois estiverem juntos pode desencadear em uma briga feia; 

 

2) Ciúme

Uma briga desencadeada por ciúme causa muito sofrimento. A recomendação da terapeuta Helena Monteiro é nunca provocar o ciúme um no outro. "Os mecanismos da mente que levam à insegurança não devem ser realimentados por provocações. Quando o outro demonstra ciúme, é hora de ter uma conversa calma e tranquilizar o (a) parceiro (a)", ensina a psicóloga;

 

3) Dinheiro

A velha história de um amor e uma cabana pode funcionar em contos românticos. No dia a dia, falta de dinheiro costuma ser um dos motivos mais frequentes de desentendimento entre os casais. Cuidar das finanças e planejar juntos as despesas é a melhor forma de evitar uma briga por causa de dinheiro; 

 

4) Educação dos filhos

Quem não conhece histórias de casais super felizes que acabam separando-se após o nascimento dos filhos? Na opinião de especialistas, não há indicador mais contundente para medir a harmonia de um casal do que o modo como conduzem a educação dos filhos. "desautorizar um pai ou uma mãe na frente da criança pode ter um efeito tão desastrosos quanto a traição para o casal", considera a psicóloga. 

 

5) Evitar discutir a relação

Enquanto grande parte dos homens tem horror da expressão 'discutir a relação' a terapeuta de casal acredita que esta ainda é uma forma melhor de lidar com os problemas do que simplesmente ignorá-los. "Aquele velho hábito de não entrar em conflito e botar a poeira para debaixo do tapete pode afastar mais do que poupar os casais de sofrimento", alerta helena.

 

6) Frequência do sexo

Amor sem sexo é amizade, já diz a canção. E quem está junto em um relacionamento quer algo além do que uma relação casta. Quando a libido está em baixa, hora de encarar os fatos e buscar solução. Brigas de casal por causa de sexo podem levar à traição;

 

7) Gosto alimentar

Por incrível que pareça, este costuma ser um dos fatores frequentes desencadeadores de desentendimentos. "Tratei e um casal em que ela virou vegetariana daquelas de não comer nada de origem animal, nem mel. Os dois tinham uma casa com piscina e costumavam organizar churrascos. Tudo mudou a partir de uma decisão aparentemente inocente de mudar a alimentação", conta Helena. 

 

8) Intromissão da família

Motivo também muito frequente de brigas de casal, o excesso de intromissão a família (sogros, sogras, cunhados) não faz bem à saúde do relacionamento; 

 

9) Tarefas domésticas

A velha questão da divisão de tarefas domésticas ainda assombra a harmonia dentro de um relacionamento amoroso. Para ninguém sentir-se sobrecarregado e nem acender a fagulha que pode levar o casal a brigar, combinem o que cada um pode fazer para equilibrar a divisão de tarefas;

 

10) Trabalho

Ficar até mais tarde trabalhando, falar muito de trabalho ou até levar serviço para casa são estopins quase certos de uma briga de casal. E se o trabalho está atrapalhando o relacionamento amoroso, considere mudar de emprego ou de área. Caso não seja possível, convém identificar se os problemas enfrentados no trabalho são temporários e dê um prazo para o(a) companheiro(a) de quando a situação voltará ao normal. Mas terapeutas de casal alertam: quem não consegue equilibrar vida pessoal com profissional dificilmente não terá problemas nos relacionamentos amorosos...

Copyright foto: iStock
 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto