Dicas práticas de como superar uma traição

Ana Paula Cardoso

Esquecer os clichês e não dar bola para a opinião alheia são algumas das sugestões para perdoar quem se ama

Não transformar a outra em um 'fantasma' é um das dicas de como superar uma traição.

 

Deslizes amorosos fazem parte da rotina de qualquer casal. Atire a primeira pedra quem nunca derrapou em tentações, mesmo que apenas em pensamentos. Mas quando a 'pulada de cerca' se concretiza e o outro descobre, a dor da traição torna-se tão profunda que pode ser muito difícil de deixar pra trás. 

Segundo especialistas, superar uma traição é uma das missões quase impossíveis em se tratando de relacionamento amoroso. A fidelidade é uma construção pessoal, ou seja, é reconhecida à luz da psicanálise como uma regra de conduta criada pelo ser humano para se proteger do sofrimento. 

"Mas já há diversos estudos psicanalíticos defendendo que não somos fiéis por natureza. Ou, no mínimo, o 'bicho-homem' não é monogâmico. Então, talvez a forma de não evitar não seria ao contrário? Permitir outras relações entre os casais", provoca a psicóloga Isabela Rosa.

Como superar a traição

De acordo com a psicóloga, é possível superar uma traição sem traumas. Desde que a pessoa tenha um trabalho de autoconhecimento e autoestima bem fundamentados. "A grande maioria nem tenta a reconciliação após ser traído simplesmente por receio de ser estigmatizada como fraca pela sociedade", completa Isabela.

Já para a psicóloga e terapeuta de casais Helena Monteiro, quem sofreu a traição costuma ficar tão desestruturado emocionalmente que mesmo aqueles considerados 'bem-resolvidos' perdem toda a serenidade ou racionalidade.

"É muito comum os casais me perguntarem como superar uma traição. Muitos me dizem 'eu tenho vontade de passar por cima, mas não consigo'. Sempre explico que não há fórmula, mas caso exista a vontade, já é o primeiro passo para trabalharmos as questões que tornam essa decisão tão difícil", explica Helena.

Esqueça o que vão dizer

Segundo as especialistas, ainda é o peso social o maior entrave na hora de superar uma traição. Em seguida, a sensação de que o ser amado pode ter se apaixonado por outra pessoa é o que mais machuca.

Apesar de cada caso ser diferente do outro, as psicólogas deram algumas dicas básicas de como superar uma traição. Veja  a seguir:

  • Pouco importa o que amigos, família ou as pessoas em geral vão dizer. Cada um deve pesar os ganhos e as perdas que uma eventual separação pode causar;
  • Uma vez perdoado, não se toca mais neste assunto. A pior coisa é o outro virar um 'fantasma' entre o casal;
  • Evite torturar-se pensando nos bons momentos que o seu parceiro passou em outros braços. Primeiro porque nunca será possível saber se foi realmente da forma que se pensa. Segundo porque só vai servir para alimentar a tristeza;
  • Caso seja questionada por alguém pela decisão de perdoar a traição, responda apenas "achei que a relação vale a pena e vou tentar outra vez";
  • Nunca se envergonhe de ter perdoado. Não faz sentido envergonhar-se de gesto nobre que é uma tentativa de ser feliz;
  • Antes de perdoar uma traição, apenas certifique-se de que o parceiro não está fazendo o famosos 'jogo-duplo' e iludindo as duas mulheres ao mesmo tempo. Nesses casos, o rompimento será o melhor negócio.

 

Copyright foto: iStock
    

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto