As 7 fases do relacionamento amoroso

Ana Paula Cardoso

Especialista em sexualidade defende que as relações amorosas têm etapas definidas. Será?

O relacionamento passa, em geral, por 7 fases diferentes. © Istockphoto.com/clownbusiness


Conhecer o namorado pela internet, ou em um encontro casual esbarrando na fila do cinema, o início de um relacionamento é sempre uma fase onde tudo são flores. Porém, à medida que o relacionamento se desenvolve, a história é outra.

Assim como na natureza, onde as flores são frondosas na primavera e perdem as pétalas no outono,  a especialista em sexualidade e criadora do programa Mulheres Bem Resolvidas, Cátia Damasceno, defende que existem  7 fases clássicas do relacionamento.

"O início do relacionamento é baseado na descoberta e na excitação. Nessa fase, o frio na barriga está sempre presente, assim como o desejo de agradar e seduzir", reforça Cátia.

O tempo desgasta as relações amorosas

Com o tempo, porém, as coisas vão mudando. Segundo especialistas, a cumplicidade e a intimidade aumentam e as primeiras brigas de casal chegam. Vêm então as primeiras crises, a rotina sexual acaba com o fogo na cama e muitas uniões sucumbem ao divórcio.

Embora para a psicóloga e especialista em terapia de casal, Helena Monteiro, defenda que cada história de amor é individual, por certo é muito difícil uma relação amorosa duradoura não passar por altos e baixos. E nem mudar com o tempo.

"De certo que existem fases, mas podem variar para cada casal. O que é válido é identificar em qual ponto o casal chegou, na tentativa de aparar as arestas e criar o entendimento mútuo", reforça a psicóloga.

As 7 fases pelas quais todo casal passa

Casamento em crise, irritação um com o outro, falta de desejo. Cada fase tem uma carga e característica. E se a máxima de que para mudar alguma coisa, antes é preciso ter consciência de que ela existe, é bom entender como a especialista em sexualidade Cátia Damasceno divide as 7 fases do relacionamento.

1ª Encantamento.

Segundo a especialista, ocorre nos primeiros meses de relacionamento. Fase de conto de fadas, costuma ser o momento ideal para fazer planos, definir regras e iniciar a apresentação a amigos e familiares.

2ª Descobrindo os defeitos.

Depois dos primeiros meses, os parceiros começam a perceber os defeitos de cada um. Um ou outro comportamento desalinhado as expectativas. Nesta fase ou desencanto pode acaba com a relação ou apenas se pensa "ah, ninguém é perfeito, não é mesmo?" e o relacionamento segue. 

3ª Acabou-se a novidade.

Trata-se daquela fase na qual se estabelece uma rotina juntos e também já se conhecem melhor. Começa-se a confirmar valores, desejos e sonhos, encontrando o que há em comum para guiar a relação. É o momento de entrar na rotina, mas isso não precisa ser algo ruim, justamente porque o casal começa a construir suas vivências.

4ª As primeiras brigas e discussões.

Depois de um tempo de intimidade, começam a surgir as primeiras brigas, algo que parecia impossível no início. O importante nesta fase é sair dela com o amor fortalecido.

5ª Pensando no futuro.

Conseguiram ajustar-se após a briga? Chega-se à fase do "vai ou racha". Hora de pensar se o casal terá ou não um futuro junto. É o momento de falar sobre uma viagem a dois, casamento ou até compra de um imóvel. A ideia não é dar um ultimato, mas fortalecer os laços.

6ª Juntos o tempo todo ou nem tanto?

É a na qual o casal começa a querer sair com os amigos novamente, em que quer fazer um curso aos finais de semana ou até uma viagem cada um para o seu lado. "Dar esse passo é importante para que o casal não se sinta sufocado ou aprisionado em um relacionamento", diz Cátia Damasceno.

7ª Recuperando o desejo.

É quando o casal alcançou um bom nível de intimidade e amizade e se sente feliz um com o outro, mas o sexo deixou de fazer parte do dia a dia. Nesta fase os dois costumam ficar um pouco mais desleixados. Lembra daquele pijama velho que você jurou nunca usar na frente dele? Agora parece não fazer diferença. O segredo é não esquecer que, embora já sejam uma família, não deixaram de ser um casal. É preciso manter a chama do sexo aquecida.
 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto