Declarações de amor do cinema: veja 15 cenas românticas irresistíveis

Ana Paula Cardoso
  • Filmes mostram diálogos, gestos ou simplesmente olhares que são a mais perfeita tradução do "eu te amo". Confira a seleção de cenas de românticas

    Cenas de declarações de amor inspiram casais desde clássicos como "E o Vento Levou..." © Reprodução


    Cenas de amor são muito comuns em Hollywood. Das comédias românticas aos filmes sobre casamento, dos dramas familiares aos triller policiais, casais declarando seus sentimentos dão sempre um toque de emoção os longas, independente do tema central.

    Em se tratando de amor, as produções cinematográficas nem precisam ser água com açúcar para derreter os espectadores. A prova disso são as cenas nas quais os personagens sequer dizem muitas palavras.

    Como a troca de olhares que diz tudo entre os protagonistas em O Segredo dos Seus Olhos, filme do diretor argentino Juan José Campanella e ganhador de Oscar de melhor filme estrangeiro de 2010. Ou a famosa cena da macarronada do desenho da Disney A Dama e o Vagabundo.

    Aos românticos de plantão ou àqueles dispostos a amolecer o coração, A Revista da Mulher selecionou 15 cenas de declarações de amor arrebatadoras de filmes que foram sucesso. Confira a galeria!

  • Harry & Sally - Feitos Um para o Outro

     

    O clássico dos clássicos das comédias românticas, Harry & Sally - Feitos Um para o Outro (When Harry Met Sally, EUA, 1989) mostra uma das cenas de declaração de amor mais diretas - e nem por isso menos irresistível - do cinema. 

  • Noiva em Fuga

     
    No filme Noiva em Fuga (Runaway Bride, EUA, 1999), Júlia Roberts vive Meggie, uma mulher que teve vários noivos,  um mais diferente do outro, e sempre desfaz o casamento antes de realizá-lo. O jornalista vivido por Richard Gere vai até a pequena cidade de Meggie contar a história da noiva fujona e os dois acabam se apaixonando.
     
    Mas ela também acaba  o abandonando no altar... Depois, arrependida, declara seu amor e suas dificuldades, numa cena romântica das mais bonitas de Hollywood.
  • Casablanca


    Em meio à guerra, o casal formado por Humphrey Bogart e Ingrid Bergman se reencontra em Casablanca, no Marrocos, depois de terem vivido uma paixão na capital francesa. O filme Casablanca (Casablanca, EUA, 1942) tem uma das declarações de amor mais marcantes do cinema, a célebre frase de Humphrey, despedindo-se de sua amada com esperança de reencontrá-la um dia: "Nós sempre teremos Paris", com direito à canção "As Time Goes By" ao fundo.

  • Simplesmente Amor


    O longa Simplesmente Amor (Love Actually, Reino Unido, 2003) fala de todos os tipos de amor. O amor entre casais jovens, entre adolescentes, amor entre amigos, irmãos ou pessoas mais maduras em meio a uma crise conjugal. Mas a cena arrebatadora é mesmo a que o personagem vivido por Andrew Lincoln vai até a casa onde o melhor amigo mora com a  mulher, vivida por Keira Knightley e declara seu amor impossível da forma mais linda e criativa possível.

  • As Pontes de Madison


    Um filme sobre escolhas. Em As Pontes de Madison (The Bridges of Madison County, EUA, 1995), Clint Eastwood e Meryl Streep dão uma lição de interpretação na cena que mostra com perfeição como um amor arrebatador não é garantia de um final feliz. Ela casada e com dois filhos, moradora do interior, vive um tórrido caso de amor com um fotógrafo de passagem na cidade.

    Na cena, ele, ciente que ela não aceitaria largar tudo para ficarem juntos, lhe diz em tom definitivo: "Eu vou lhe dizer uma coisa e apenas uma vez. E eu nunca disse isso antes. O que estamos sentindo acontece apenas uma vez na vida." Aos expectadores, só resta preparar o lenço de papel...

  • Um Lugar Chamado Notting Hill

     

    Seria Julia Roberts a rainha das declarações românticas do cinema? Pois no filme Um Lugar Chamado Noting Hill (Notting Hill, Reino Unido, 1999) ela aparece novamente, desta vez dizendo o que sente a Hugh Grant, em uma das cenas românticas mais sensíveis do cinema. No papel de uma atriz famosa que se apaixona por um pacato dono de uma livraria na capital inglesa, ela se coloca apenas como uma mulher mortal, em frente ao homem que ama, pedindo para ser correspondida...

  • Antes do Pôr do Sol


    O filme  Antes do Pôr do Sol (Before Sunset, EUA, 2014) é uma continuação de Antes do Amanhecer (Before Sunrise, EUA, 1995), no qual o casal protagonista, vivido por Julie Delpy e Ethan Hawke, se conhece em Viena e marcam um encontro para o ano seguinte. Mas o reencontro só acontece meio "por acaso" dez anos depois, em Paris. A música, composta para o grande amor perdido no tempo, é a grande protagonista desta declaração de amor em forma de valsa. 

  • E o Vento Levou...


    Em E o Vento Levou (Gone With the Wind, EUA, 1939), o casal vivido por Vivian Leigh e Clark Gable briga o tempo todo, as declarações de amor são sempre um resistindo, enquanto o outro se entrega. Na cena, a declaração de amor em meio à crueza da guerra dá o toque de intensidade que faz um dos maiores sucessos de Hollywood ser inesquecível.

  • A Dama e o Vagabundo


    Na cena do desenho da Disney A Dama e o Vagabundo (Lady and the Tramp, EUA, 1955) o casal de cãozinhos divide um prato de macarrão. Como os cães não falam, talvez fizessem declarações de amor oferecendo a última almôndega à amada... um toque lúdico de romantismo do cinema.

  • Melhor é Impossível


    Em meio a tantos benefícios de amar e ser amado, o sentimento mais nobre do mundo deve servir para nos tornar pessoas melhores. Em  Melhor é Impossível (As Good as It Gets, EUA, 1998) Jack Nicholson é um homem quase insuportável, que tem TOC e  se apaixona por uma mulher extremamente simples e de bom coração, vivida por Helen Hunt. Simples como um bom dia, doce como um suspiro...

  • Dirt Dancing - Ritmo Quente


    No filme Dirt Dancing - Ritmo Quente (Dirty Dancing, EUA, 1987), a atriz  Jennifer Grey contracena com Patrick Swayze no auge da sua fama e beleza. A cena começa com ela assumindo ter medo que o que está sentindo naquele momento nunca mais aconteça. E se desenvolve depois com uma declaração de amor através dos movimentos, como uma dança. Afinal, se o corpo fala, as mensagens de amor contidas na sensual coreografia do casal dizem claramente "eu te amo", sem precisar de palavras.

  • A Culpa é das Estrelas


    O filme A Culpa é das Estrelas (All of the Stars, EUA, 2014) é um dos mais recentes sucessos cinematográficos de arrancar lágrimas mesmo dos mais controlados corações. Impossível não sucumbir à carta deixada pelo personagem de Ansel Elgort à sua amada vivida por Shailene Woodley. Triste, mas tocante. Declarações de amor são eternas, mesmo quando os protagonistas já partiram deste mundo.

  • Jerry Maguire - A Grande Virada


    Impossível não se emocionar com a declaração de amor do personagem de Tom Cruise à sua mulher, vivida por Renée Zellweger no filme Jerry Maguire - A Grande Virada (Jerry Maguire, EUA, 1996). O esnobe empresário vivido por Tom sucumbe ao coração puro da moça e faz um discurso no qual finaliza com um "Você me completa". E a resposta da amada é a mais perfeita tradução do amor incondicional.

  • O Segredo dos Seus Olhos


    Em O Segredo dos seus Olhos (El Secreto de Sus Ojos, Argentina, 2009), o consagrado ator argentino Ricardo Darin é um investigador da justiça que, no passado, conseguiu desvendar um criminoso apenas pelo olhar dele à sua vítima. Mas apesar do faro de detetive, nunca percebeu os olhares da juíza vivida pela atriz Soledad Villami, por quem nutriu um amor platônico por 25 anos. A cena final não poderia ser outra que não uma declaração de amor em palavras quase inexistente, na qual os olhares dizem tudo.

  • Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças

     

    Em dos roteiros mais brilhantes do cinema romântico, o filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (Eternal Sunshine of the Spotless Mind, EUA, 2004) um cientista descobre uma maneira de fazer apagar todas as lembranças de um amor que acabou. Mas, nem sempre é isso que nossa mente deseja. O casal vivido por Jim Carrey e Kate Winslet tenta tirar um  do pensamento do outro, mas a cena final comprova que o amor é mais forte. E capaz de superar os defeitos dos amados.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto