Sexo oral: o guia para satisfazer seu parceiro

A redação
Um território não muito explorado pelas mulheres é, na verdade, o favorito dos homens. Enquanto algumas adoram e outras passam longe, o sexo oral neles ainda deixa muitas dúvidas sobre o que e como fazer. Para ter certeza de fazer bem e dar o máximo de prazer para seu parceiro, confira o guia que pode mudar tudo na hora H

Sexo oral sem tabus: veja as dicas de como e o que fazer para satisfazer seu parceiro na hora H.


Entre no clima
Sexo é a ocasião para livrar-se dos pudores e liberar as fantasias. Brinque com os desejos e estimule a expectativa dele. Aceite ser submissa, atendendo a todos os pedindos dele, e assuma o controle logo depois, mostrando que sabe o que está fazendo. Solte-se na brincadeira e arrisque algumas frases e expressões mais quentes que possam excitá-lo ainda mais.


Saliva é tudo
O stress e a ansiedade na hora H podem deixar a boca seca, o que não é agradável para quem faz, nem para quem recebe o sexo oral. Discretamente, tome um gole d’água assim que possível e tente estimular a concentração de saliva na boca.

Complementos excitantes
Pense em apimentar ainda mais a experiência com alguns “acessórios” inesperados. Champagne e água com gás deixam a boca borbulhante, dando um efeito de frisson no pênis. Outra pedida é o drops de menta que, além de refrescar as papilas, pode proporcionar sensações diversas (e deliciosas) em quem recebe o sexo oral. Uma pedra de gelo também vai bem na hora de estimular os primeiros arrepios de excitação.

Fuja dos movimentos mecânicos
Estimular oralmente o parceiro não significa manter o pênis na boca e fazer o típico “vai e vem”. O ato inclui massagear os testículos, lamber o pênis de cima a baixo e usar as mãos para masturbá-lo. As mais ousadas podem até tocar a região anal com um dos dedos para ver como ele reage - muitos homens sentem prazer nessa parte do corpo.

Nada de dentes ou mordidas
Se existe uma coisa que não se deve fazer é deixar os dentes esbarrarem pelo pênis do parceiro. A região é hiper sensível e pode ser dolorido sentir o raspar dos dentes no órgão masculino. Apesar da excitação, tenha cuidado nessa hora e não arrisque brincadeiras com mordidas ou dentadas (a não ser que ele peça, é claro). 

Olhos nos olhos
Homens são muito visuais e adoram ver as parceiras em ação. Sem encará-lo o tempo todo, lance alguns olhares sacanas e mostre que está gostando do que está fazendo. O olho no olho durante o sexo oral é muito excitante e revela o nível de prazer dos dois.

Varie as posições
Abuse da criatividade para ficar confortável e aproveitar ainda mais o sexo oral. De quatro ou deitada debaixo dos lençóis são algumas das posições mais conhecidas, mas que tal tentar ajoelhar-se ao lado da cama com seu parceiro sentado na borda? Ou o famoso 69, em que os dois saem ganhando? Solte a imaginação e leve seu parceiro às nuvens.  

Atenção à região mais sensível
A zona da cabeça do pênis, também chamada glande, é a mais sensível do sexo masculino. Então, a dica é dar mais atenção a essa região, sempre com delicadeza. Provoque seu parceiro com a língua e os lábios, alternando a boca entre a glande e o tronco do pênis. Abuse ainda mais da lubrificação com a saliva neste momento.

Prolongue o prazer
Dê mais tempo ao momento íntimo a dois. Fique atenta aos sinais de que seu parceiro está perto de um orgasmo para prolongar a sensação de prazer dele. Quando querem gozar, os homens exigem velocidade nos gestos. Sem parar os movimentos, diminua o ritmo e espere alguns minutos (ou segundos) antes de continuar, deixando-o ainda mais excitado. Antes que ele implore pelo grand finale, explore uma última vez todas as regiões do pênis dele e não pare até terminar.

Engolir ou não engolir, eis a questão
Questão polêmica quando o assunto é sexo oral, engolir ou não o esperma do parceiro deve ser uma decisão a ser tomada unicamente pela mulher. Que fique claro que o fluído em si não faz mal à saúde, mas ele pode transportar doenças sexualmente transmissíveis caso o portador esteja contaminado. 

Fetiche ou não, muitos homens gostam que as parceiras o engulam como forma de aceitação um do outro, mas nem todas se sentem à vontade para tal. Seja como for, a mulher não deve se sentir forçada a fazê-lo.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto