Conselhos para curtir o sexo oral

A redação
Receber sexo oral pode se revelar, por vezes, não tão prazeroso. Antes de colocar a culpa parceiro, confira as dicas e aprenda a relaxar e sentir mais prazer  durante o sexo oral
Veja as dicas para aproveitar ao máximo o sexo oral. © iStockphoto.com
Sexo oral? Todo mundo quer e todo mundo gosta. Mas nem sempre é o sétimo céu. Antes de acusar os outros de não saberem como fazer, saiba que há algumas coisas que você mesma pode fazer para (enfim) curtir o momento. Confira as dicas:

Relaxe

No consultório do ginecologista, você já ouviu a frase “relaxe, por favor”? Pois a mesma coisa vale para o sexo oral: relaxe! Muitas vezes, o corpo se contrai diante da ideia de uma cabeça no meio de suas pernas. Por isso, tente descontrair ao máximo na hora H (sim, mas talvez não durante um papanicolau).

Seja egoísta 

Se existe um momento na vida em que se deve pensar somente em si mesma e ninguém mais, é durante o sexo oral. Seu parceiro cuida de tudo e você só tem que aproveitar. Libere suas fantasias. Se nesse momento você tiver vontade de pensar no Bradley Cooper ou no Jake Gyllenhaal, melhor ainda. E isso não quer dizer que você não goste dele.

Seja a guia do seu parceiro

Se o que ele costuma fazer em você nem sempre te agrada, é melhor evitar de deixá-lo no piloto automático. É hora de ativar o GPS e orientá-lo. Sem reclamar ou ser muito direta, use as mãos para guiar a cabeça dele ou diga em alto e bom tom os pontos onde mais sente prazer. Não adianta fingir para encorajá-lo: ele vai pensar que o jeito como faz é excitante. Ser um casal significa também dizer as coisas de forma clara para aproveitar ao máximo, juntos, na cama.

Não pense no seu sexo

O que às vezes bloqueia e impede de aproveitar o momento, é imaginar o próprio sexo visto de muito perto. Com medo de ter pelos demais, de não ter uma pele bonita ou até de ter um mau odor, muitas mulheres se preocupam com o que o parceiro vai pensar e acabam se esquecendo de se concentrar nas próprias sensações. Além disso, é importante lembrar que os homens são muito visuais: eles adoram observar o corpo de suas parceiras bem de perto.

Inove

Que a verdade seja dita: o cunilíngua é sempre feito na cama. Quando se trata de felação, por outro lado, os ambientes são mais variados: no banho ou sobre a mesa, no carro ou no chão da sala. Por que não fazer a mesma brincadeira? Tente fazer valer sua vontade nos lugares onde desejar. No banho, por exemplo, o problema do mau odor desaparece, o que já ajuda a relaxar.

Saiba pedir

Seu parceiro até faz sexo oral em você, mas talvez não faça o bastante. Então, é preciso saber pedir - não necessariamente o tempo todo. Mas é bom lembrar que para apreciar o cunilíngua, é preciso experimentar múltiplas vezes. É a mesma técnica para aprender a gostar de café ou de cerveja. Então, tome a iniciativa de levá-lo até lá embaixo. 

Não crie expectativa

Cruzar os dedos e pensar se vai ser bom ou ruim, não leva a nada. Deixe acontecer e relaxe. Se não surtir nenhum efeito, não tem problema, outras oportunidades virão. Até porque, às vezes, sua vontade pode ser outra, de uma rapidinha de quatro, por exemplo.

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto