Você sabe usar a camisinha? Aprenda alguns segredos sem quebrar o clima

Ana Paula Cardoso
Veja dicas para evitar que a camisinha se rompa e para usá-la sem cortar o tesão 

O uso da camisinha requer alguns cuidados para que ela não se rompa e nem o casal quebre o clima.


A camisinha é o único método contraceptivo capaz de prevenir também contra doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como Aids ou HPV.  Mas apesar de sua garantia de eficácia, os usuários costumam reclamar de duas situações: quando a camisinha se rompe e a quebra do clima na hora de colocar o preservativo. Para evitar estas situações, bastam algumas medidas preventivas.

Hoje há no mercado uma gama de preservativos de boa qualidade e o modo correto de usar deve ser respeitado. A regra básica de colocação da camisinha é aperta a ponta com o dedo indicador e polegar de uma das mãos e, com a outra, desenrola-se o preservativo ao longo do pênis ereto.

"É importante a colocação correta, o cuidado com as posições sexuais praticadas e a forma que as pratica. Para evitar a gravidez temos vários anticoncepcionais disponíveis. Mas quanto às DST’s, a melhor prevenção é a camisinha" reforça a sexóloga Priscila Junqueira.

Erros comuns no uso da camisinha

Além de não saber colocar corretamente, existem alguns erros comuns cometidos pelos usuários. Deixar a camisinha muito tempo guardada na bolsa ou carteira, abrir a embalagem com a ajuda dos dentes são alguns dos erros mais comumente cometidos por consumidores.  

A equipe técnica da marca de preservativos Olla, divulgou recentemente algumas dicas para armazenar e utilizar corretamente os produtos. Entre os cuidados para garantir a segurança em todas as relações é conferir, por exemplo, a data de validade.

 "As pessoas esquecem deste pequeno detalhe que, obviamente, não deve ser observado na hora em que o homem já está com uma ereção, pois vai quebrar o clima", conta  a psicóloga e sexóloga Tatiana Presser 

Segundo a Tatiana, a validade deve ser verificada antes. Uma caixinha ao lado da cama ou as que estão na bolsa ou na carteira devem, sempre ser conferidas.

Cuidados com a caminha na 'hora H'

Veja algumas dicas divulgadas pela área técnica da marca Olla, sobre o uso correto da camisinha:

Abra corretamente. O envelope que contém o preservativo deve ser aberto pelo picote no sentido vertical e somente na hora do uso. Unhas, tesouras ou qualquer outro objeto cortante pode causar furos imperceptíveis e fazer o esperma sair após a ejaculação;

Armazenagem. Os produtos não devem ser muito expostos ao calor, umidade e luz fortes, pois podem ter suas propriedades físicas comprometidas, prejudicando, assim, sua eficácia - capacidade volumétrica e de pressão de estouro, principalmente;

Validade. Pouca gente se dá conta, mas preservativo fora da validade não deve ser usado. A probabilidade de romper a camisinha aumenta nesses casos;

Transportar o preservativo. Quando estiver na bolsa, deve-se evitar colocá-lo próximo de objetos pontiagudos ou que possam danificar a embalagem (presilhas, grampos de cabelo ou chaves) e mantê-lo sempre que possível em sua embalagem secundária ou em uma necessaire; 

Bolso ou carteira. Se a camisinha for mantida em algum bolso menor ou na carteira, deve-se ficar atento ao período de tempo em que ele fique guardado: nestes locais, a camisinha pode sofrer pressões ou atritos excessivos, que podem comprometer sua característica física.

Sem quebrar o clima, mas com segurança

Especialistas alertam que a ideia, muito comum entre os consumidores, de usar dois preservativos ao mesmo tempo durante a relação sexual pode causar o efeito oposto ao de proteção contra DSTs. A utilização de duas camisinhas simultaneamente causa atrito entre as paredes dos preservativos e pode causar sua ruptura mais facilmente.

Além disso, lubrificantes do tipo vaselina, óleo mineral ou outros derivados de petróleo não devem ser utilizados, pois danificam qualquer preservativo à base de látex natural. Se a lubrificação extra for necessária, é recomendado o uso de lubrificantes à base de água.

E para completar, muitos casais reclamam que camisinha corta o clima. 
A dica é colocar a camisinha logo no início da relação sexual. "Algumas pessoas relatam que deixam para colocar só na hora da penetração e isso quebra um pouco o clima mesmo", confirma a sexóloga Priscila Junqueira. 

O ideal, segundo a especialista, é não deixar para colocar a camisinha em cima da hora. "E, ao colocá-la, que se faça de uma forma mais sedutora, escolhendo um momento no qual os parceiros possam trazer o lúdico para a transa. A camisinha precisa ser pensada como um brinquedo erótico que pode apimentar ainda mais a relação sexual", recomenda a sexóloga.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto