Lubrificantes anestésicos devem ser usados durante o sexo anal?

Alguns produtos inibem a dor e podem causar lesões sérias posteriormente

Dúvida da leitora: Lubrificantes anestésicos são indicados ou não na prática do sexo anal?

Por envolver uma região extremamente sensível, a prática do sexo anal quase sempre implica dor. Como ao mesmo tempo também envolve muito desejo e prazer, é comum uma busca constante por medidas para amenizar o desconforto causado pela penetração na região do ânus.

Não por acaso, esses produtos chamados lubrificantes anestésicos são muito procurados. Mas seu uso não é nem um pouco recomendado. Esses lubrificantes, geralmente à base de xilocaína, de fato inibem a dor. Mas justamente por esta perda de sensibilidade, a prática do sexo anal pode acabar causando um traumatismo ou lesão na região.

Estimule o ânus com o dedo

Isso porque a dor funciona também como uma proteção. Portanto, estimular o ânus com o dedo é dica para evitar dores intensas, pois funciona como uma "dessensibilização" da região. Ao enfiar delicadamente o dedo no orifício anal, os esfincteres contraem-se numa reação involuntária.

A contração involuntária do ânus é regida pelo o nervo parassimpático do sistema nervoso autônomo. Com o entra e sai do dedo, os reflexos vão se adaptando com o estímulo na região. Então, quando o pênis penetra no ânus ele já não se contrai com tanta força.

Na prática do sexo anal, o uso da camisinha e a lubrificação são preminentes. Mas evite o uso de lubrificantes analgésicos, dando preferência àqueles à base de água.

Também tem alguma dúvida sobre sexualidade? Envie suas perguntas para o Dr. Marino Pravatto Júnior através do email redacao@arevistadamulher.com.br

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto