Existe risco de engravidar usando camisinha?

O preservativo é muito importante para prevenir DSTs, mas não é totalmente seguro como método contraceptivo


Dúvida da leitora: Queria saber há risco de a mulher engravidar se o homem estiver usando camisinha?

Muito importante na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis DSTs), a camisinha não pode ser considerada como o método  contraceptivo ideal para quem não quer ou não pode ter um bebê.

Estudos apontam uma margem entre 40% a 60% de confiabilidade na eficácia da camisinha como maneira de evitar a gravidez. Entre os fatores que explicam essa baixa eficácia, o próprio uso da camisinha – ou melhor, o mau uso – aparece como causa principal.

Por exemplo, caso não se aperte a ponta na hora de colocá-la, é grande o risco de ruptura durante a fricção proporcionada pelo. Outro problema é quando a camisinha mau colocada sai do pênis e se perde dentro da vagina (com direito a todo o esperma por ela retido).

Camisinha deve ser colocada antes da penetração

Isso acontece quando o homem não retira o pênis da vagina logo após a ejaculação. Como a ereção acabou, a camisinha fica “larga” e se desprende do órgão sexual masculino, levando ao risco não somente de gravidez, mas também de transmissão de doenças, como Aids, sífilis ou hepatite B.

Portanto, sempre vale a pena pedir instruções ao médico de confiança ou buscar as orientações em sites de órgãos oficiais para saber como usar a camisinha.

Vale ressaltar ainda que o preservativo, principalmente quando usado como método contraceptivo, deve ser colocado no pênis antes da penetração, logo quando o homem já está com o pênis ereto.

Isso por que a lubrificação da uretra masculina pode conter espermatozódes e, portanto, viabilizar a fecundação.

Também tem alguma dúvida sobre sexualidade? Envie suas perguntas para o Dr. Marino Pravatto Júnior através do email redacao@arevistadamulher.com.br

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto