Drogas influenciam o mau desempenho sexual?

Alterações do organismo em função do uso de entorpecentes podem afetar a qualidade das relações sexuais

Dúvida da leitora: Meu namorado é usuário de drogas. Embora não atrapalhe nossa convivência,  pois só usa de vez em quando é continue carinhoso e atencioso,  ele anda perdendo o desejo. Ele também tem perdido a ereção ou gozando muito rápido.  Gostaria de saber se o fato dele ser usuário se pode estar afetando seu desempenho. Ele não toca no assunto é muito fechado sobre isso.

Do ponto de vista físico, a utilização de drogas tem ligação direta com a alteração do comportamento humano. Por exemplo, os efeitos do álcool sobre o sexo são semelhantes àqueles ligados à capacidade de reagir aos reflexos quando se está dirigindo. Desta forma, a droga pode, sim, afetar o desempenho sexual.

Como a leitora não especificou quais drogas seu namorado utilisa, explico genericamente, baseado na vivência clínica com usuários de maconha e cocaína. Em ambos os casos, os efeitos são semelhantes em relação ao desejo e à performance sexuais, pois tendem a causar alterações na  libido.

Como, no geral, o efeito das drogas oscila entre estimular ou relaxar seus usuários, há uma mudança na interação com as pessoas. A tendência é uma euforia ou introspeção (dependendo da droga) quando se está sob o efeito da substância. Após o uso, atitudes depressivas e desânimo compõem o quadro.

Entorpecentes antes, falta de ereção depois

Muitos usurários de droga contestam este efeito negativo dos entorpecentes sobre o desejo sexual. Ao contrário, afirmam que as drogas os ajudam a ficarem mais desinibidos, o que, em se tratando de sexo, ajudaria a ter e dar mais prazer.

Os efeitos das drogas podem influenciar positivamente o desempenho do homem numa fase inicial, se ele tiver alguma questão de ansiedade, de ejaculação precoce ou de tensão. Mas de qualquer forma, o uso de substâncias afeta os neurotransmissores, tornando-o dependente químico.

E durante o período de abstinência, acontece o baixo desempenho, especialmente a dificuldade de ereção. E quem uma vez experimentou os efeitos positivos das drogas durante o sexo, pode começar a ter dificuldade em conseguir fazer sexo sem este artifício, depois.

Efeito das drogas pode não ser a única causa

De qualquer forma, vale ressaltar que, sem acompanhar o caso especificamente, não se pode afirmar que são as drogas a razão única e exclusiva dos problemas sexuais do casal, relatados pela leitora.

Portanto, é muito importante uma conversa franca entre os dois para perceber se o desempenho sexual do parceiro pode ter a causa em motivos até mais simples, como a fata de atração um pelo outro. 

Também tem alguma dúvida sobre sexualidade? Envie suas perguntas para o Dr. Marino Pravatto Júnior através do email redacao@arevistadamulher.com.br

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto