Lap dance: performance sensual promete esquentar as preliminares

Ana Paula Cardoso

Veja dicas para praticar a modalidade que mistura striptease e pole dance

Lap dance: uma modalidade de dança erótica que pode fazer as honras de preliminar. © iStockphoto.com/Gorr


As dicas para apimentar o casamento ou esquentar a relação a dois por vezes são pontuadas por clichês. Mas deixando o preconceito contra o lugar-comum de lado, não tem mesmo como fugir do imaginário coletivo quando se trata de sexo. Apesar das peculiaridades de cada um, algumas estratégias para aumentar a libido, quando  bem aplicadas, costumam funcionar. É o caso da lap dance.

Trata-se de uma dança que a mulher faz para o parceiro, enquanto ele fica sentado em uma cadeira ou sofá. A regra básica é que quem está assistindo não pode tocar em quem está dançando até a hora que a coreografia sensual terminar. 

"Os fetiches de homens e mulheres variam muito, mas, em geral, estas simulações de performances que vemos comumente em clubes eróticos fazem muito sucesso entre os casais. A lap dance pode funcionar como uma preliminar sensual que sai do básico", incentiva a psicóloga e sexóloga Rose Rodrigues.

Dicas para praticar a lap dance

A primeira coisa que as mulheres devem ter em mente é que não há necessidade de ser uma dançarina profissional para praticar a lap dance. E também não precisa ter um corpo dentro de padrões de beleza impostos pela sociedade. "Quando um casal sente atração um pelo outro, tudo pode ser belo e sexy aos olhos", incentiva Rose.

Segundo a especialista, basta assistir a alguns tutoriais em redes sociais de vídeo, vestir uma lingerie sensual, colocar uma maquiagem e, pronto! Toda mulher já está preparada para fazer seu parceiro excitar-se com a modalidade de movimentos sensuais. 

"Mas quando a mulher se sente ainda insegura, é melhor procurar uma professora e fazer um curso presencial antes de aventurar-se nesta dança erótica na intimidade", aconselha a sexóloga.

Os movimentos são semelhantes às danças de striptease, com muito rebolado e insinuações, e também da pole dance, com pernas levantadas e a utilização de cadeira no lugar da barra.

Lap Dance libera a timidez

Para a empresária e coach sexual e de relacionamentos Luciana Vilela, criadora do Afrodites, grupo da rede social Facebook para debates sobre sexo e relacionamentos, a prática de uma dança sensual pode proporcionar o desenvolvimento da mulher. E com muita diversão.

Isso porque as aulas de lap dance não são feitas sozinhas. Em geral, são cursos por tempo determinado ou de apenas um dia, no modelo woprkshop. Durante as aulas de lap dance, a mulher poderá, portanto, também trocar experiências entre as companheiras. E contar com o apoio e experiência de especialistas. 

A timidez entre quatro paredes muitas vezes é resultado de uma autoestima em baixa. E essa questão é importante de ser superada para quem quer ter uma vida sexual feliz. "Todo mundo tem problemas, inseguranças. E nos relacionamentos, a rotina só é saudável até um certo ponto", lembra Luciana. 

Então, let's lap dance!

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto