Saia de tule: saiba como aderir à tendência que veio para ficar

Jessica Krieger

Esse modelo transparente pode ser usado no dia a dia, com camisetas descoladas, ou à noite, em looks que transbordam sensualidade

Look de Chiara Ferragni com saia de tule da Dior. © iMAXtree


No ano passado, a designer Maria Grazia Chiuri fez seu desfile de estreia à frente da maison Dior apostando em saias de tule transparentes que valorizam a silhueta feminina. A peça jovem e descontraída logo caiu no gosto das mulheres nas ruas, que adaptaram essa tendência vinda das passarelas ao estilo pessoal.

Os últimos desfiles da Semana de Moda de Nova York mostraram que a saia de tule continua em alta, tanto para produções diárias quanto para looks noturnos. Oscar de La Renta, Ralph Lauren e Delpozo foram algumas grifes que apresentaram a peça em suas coleções para o Verão 2018.

“A peça super romântica, que tem a sua origem dos anos 90, voltou às passarelas e o street style das fashionistas por materializar a atitude de quem abusa de composições com a peça”, conta Raquel Sodré, consultora de moda e cool hunter da Feira do Circuito das Malhas.

Qual modelo escolher?

Mesmo tendo como referência o tutu de uma bailarina, a saia de tule pode compor looks com diversas inspirações. Variações de comprimento e cores deixam a peça versátil, que possibilita composições pra lá de estilosas.

Para uma versão rocker, a saia pode ser usada com coturnos e jaquetas de couro, quebrando a delicadeza da peça. Para as fashionistas, a combinação clássica é com t-shirts, que varia das mais básicas brancas às bordadas com tachas e brilhos.

Antes de usar, é recomendado prestar atenção nas proporções do corpo, para criar looks com equilíbrio visual. Mulheres com shape retangular, por exemplo, devem apostar em saias mais sequinhas e com menos volume. Já aquelas com biotipo triangular, com quadril mais largo, devem preferir a saia de tule no modelo flare.

“Lembrando que o comprimento da saia tem o poder de alongar ou achatar a silhueta. Quanto mais pele aparecer, melhor. Para as mulheres altas, o comprimento midi é recomendado, já as baixinhas devem procurar modelos menores para alongar as pernas”, explica Raquel.  Por se tratar de uma saia volumosa, a dica é apostar em um cinto tipo faixa para marcar a cintura.
 

Looks das ruas com saia de tule. © iMAXtree/Pinterest

Como combinar?

Rita Heroina, consultora de imagem pessoal e corporativa, explica que as combinações com a saia de tule dependem do estilo da mulher e, é claro, da ocasião.  “Para o dia a dia de uma mulher mais descolada e de estilo criativo, a peça pode ser usada com camisa jeans e sapatilha colorida”, afirma.

Mulheres com estilo mais romântico devem apostar em blusas tomara que caia de tons neutros,  como nude, cinza, preto, branco ou até mesmo um rosé. As fashionistas podem arrematar a saia com um top cropped estampado ou listrado. Para as casuais, uma blusinha básica já promete dar um up no visual. Essas saias também ficam lindas com uma jaqueta jeans ou de couro fake.

Para não derrapar na escolha, é importante observar o comprimento da peça. No trabalho, é melhor apostar em saias de tule mais compridas, tipo midi, e evitar blusas com decotes profundos ou que também tenham transparências. “Uma combinação certeira para o look de trabalho é juntar a saia com uma camisa estruturada de alfaiataria em tons escuros e fechar a composição com um scarpin de bico fino, ou até mesmo uma sapatilha”, explica Rita.

Em momento de lazer, há mais liberdade para o uso da peça: elas podem ser menos estruturadas, mais fluidas e até com camadas. A máxima é priorizar o conforto: “Pensando nisso, para deixar o visual ainda mais cool arremate a produção jaqueta jeans oversized e tênis branco”, completa Rachel Toyama, consultora de estilo e fundadora do Paraíso Feminino.
 

Outras opções de looks inspirados no streetwear. © iMAXtree

Hot pants ou shorts?

Se a saia de tule não tiver um forro por baixo, no comprimento de uma saia menor, a ideia é usar uma underwear charmosa para não deixar o bumbum à mostra. A expert Rachel Toyama acredita que o shorts é a melhor opção.

“Para adaptar a saia de tule no dia a dia esqueça as famosas hot pants que deixaram a saia de tule em evidência nas passarelas e red carpets. No lugar, use shorts curtos de cotton por baixo da saia para cobrir todo o bumbum”, diz.

Ela lembra que a camisa alfaiataria maxi ou chemise pode ser usada como top e underwear ao mesmo tempo. Outras composições com calças e minissaias também podem ser usadas.

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto