Conheça os óleos essenciais que ajudam a cuidar da saúde

Ana Paula Cardoso
Confira quais essências aromáticas são indicadas para tratar diferentes problemas de saúde, de alergias a dores musculares

Aromaterapia: a cura com óleos essenciais.


Uma alternativa aos tratamentos químicos, a aromaterapia se baseia no uso de óleos essenciais, substâncias extremamente concentradas extraídas de plantas aromáticas, para combater muitos problemas de saúde e seus sintomas. 

Inalados, aplicados diretamente na pele, e até mesmo ingeridos, os óleos medicinais, em geral, funcionam como paliativos para aliviar dores ou como coadjuvantes em tratamentos de algumas doenças crônicas.

Listamos alguns males comuns e os respectivos óleos aromáticos indicados ao tratamento:

Dores musculares

Óleo de arnica é um excelente antídoto contra os problemas de contraturas musculares, o famoso "mau jeito". Excesso de exercícios, dormir numa posição errada ou mesmo uma simples topada em um buraco na rua podem causar dores e pequenas torções nos músculos.

A arnica tem propriedades calmantes, relaxantes e analgésicas, capazes de aliviar e até mesmo eliminar as dores. Mas é preciso confirmar se não houve alguma lesão mais grave, que necessite de procedimentos ortopédicos.

Pernas cansadas e varizes

Óleos à base de ginkgo biloba têm ação vasodilatadora e amenizam a sensação de perna cansada, causada por muitas horas em pé, ou longas caminhadas. A planta proveniente do extremo oriente é um componente milenar da medicina chinesa. Em função suas propriedades, o ginkgo biloba tornou-se também um reconhecido aliado no tratamento contra varizes.

Massagear as pernas por 10 minutos com óleo de massagem natural à base de ginkgo biloba estimula a circulação e ajuda a combater as dores causadas por problemas vasculares. O óleo de ginkgo biloba existe também na versão em cápsulas, mas para a ingestão recomenda-se consultar um médico. Já para o uso externo não existe praticamente nenhuma contraindicação.

Dores de cabeça

Óleos essenciais de lavanda e ou capim-cidreira. Fazer massagem nas têmporas com estas essências  é um procedimento indicado por especialistas em terapias naturais. Colocar uma gota do óleo concentrado em um difusor e inalar enquanto se está descansando também é indicado para aliviar a dor de cabeça.

Outra a maneira de usar a aromaterapia contra a cefaleia é pingar  algumas gotinhas do óleo essencial no travesseiro, antes de dormir. Como dores de cabeça muitas vezes são causadas por tensão e estresse, a lavanda é perfeita para se usar à noite, pois também ajuda a adormecer.

Já  o óleo de capim-cidreira é bom para dor de cabeça causada por mal estar provocados pelo excesso de álcool, conhecido como ressaca

Problemas respiratórios

 Óleos de eucalipto e hortelã-pimenta são excelentes para desobstruir as vias respiratórias e aliviar sintomas de resfriados, sinusites e rinites alérgicas. Fazer massagens no rosto, onde estão localizados os sinos nasais, ou inalações com gotas de essência de eucalipto estimulam o descongestionamento das vias respiratórias.

O óleo de hortelã-pimenta, por sua vez, é muito eficaz no alívio de dores de cabeça por congestão nasal, quando inalado. Ele ajuda a acabar com o congestionamento que causa a pressão nos seios da face.

Rico em vitaminas, ácidos graxos e pigmentos carotenoides, óleos ou cremes à base dessa flor ajudam na hidratação prolongada e na redução de estrias, manchas ou rugas.

Regeneração da Pele

O óleo de rosa mosqueta e o óleo de coco são mais indicados para tratar e curar problemas de pele. Usar rosa mosqueta é um método simples e não-invasivo, indicado para diminuir cicatrizes e regenerar tecidos da pele danificados.

O alto teor de ácidos graxos essenciais e insaturados contidos no óleo de rosa mosqueta são importantes para manter  a pele saudável. Ele pode ser aplicado em massagens suaves em cima das cicatrizes, tão logo não haja mais pontos ou sinais infecciosos após cortes ou cirurgias.

O óleo de coco é outro óleo essencial indicado para os cuidados da pele. Trata-se de uma essência hipoalergênica, com propriedades antimicrobianase e hidratante. O fato de se solidificar abaixo de 25 graus o torna uma proteção ideal contra rachaduras da pele.

A vitamina E presente no óleo de coco protege a pele contra o envelhecimento precoce.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

1 comentário

Miau

Super interessante saber que existe um óleo que tem ação vasodilatadora como o ginkgo biloba! Varizes são um dos principais problemas que uma mulher pode enfrentar, e creio que esse texto aqui possa ajudar quem sofre com essa condição https://www.drentrega.com.br/bem-estar/dores-e-sintomas/tenha-total-conhecimento-sobre-as-varizes