Tipos de mel: conheça as principais floradas e seus benefícios

Etiene Resende
Entenda as diferenças entre os principais tipos de mel e saiba como diferenciar o produto puro para aproveitar ao máximo seus benefícios e sabores

O sabor de cada mel varia de acordo com a flor polinizada pela abelha.


Que mel é uma delícia e pode ser utilizado de diversas formas, ninguém duvida. Mas você sabia que existe uma variedade quase infinita de tipos de mel, cada um com cor, sabor e usos diferentes?

Suas propriedades naturais são conhecidas por seus benefícios e o mel é ingrediente de muitos remédios caseiros, principalmente daqueles para gripes e resfriados. Renato Azevedo, diretor do Empório do Mel Produtos Naturais e Orgânicos, explica o motivo: “o mel apresenta grande diversidade de vitaminas e minerais. Além de ser saudável, é um produto natural e faz bem à saúde”.

Tipos de mel e sua indicação

É a própria natureza que define qual tipo de mel será produzido, de acordo com o especialista. “O mel varia de acordo com a flor que foi polinizada, desta forma cada florada possui propriedades específicas”, explica, lembrando que as mais comuns são:

Laranjeira – A florada é mais indicada como calmante leve e ansiolítico. Por conta das vitaminas e minerais presentes na laranja, tem também grande poder antioxidante, conhecido como mel embelezador e relaxante. A dica é consumir 1 colher de sopa próximo a hora de dormir, o que garante um sono tranquilo.

Flores do campo – É um mel tônico, pois a florada vem de um mix de flores. Ele é o mais indicado para trazer energia e disposição física e mental, pois ajuda a melhorar a memória e a concentração. 

Eucalipto – Também por causa das propriedades da planta, este é o mais indicado para gripes, bronquites e resfriados, uma vez que possui uma função expectorante. 

Jataí – Esta é uma florada extremamente rara, que age como antibiótico natural, devido a presença de uma substância chamada inibina. Assim, é o mais indicado para casos de inflamações e infecções.

Mel de café – Por conta das propriedades do café, esta florada auxilia no equilíbrio do humor e retenção de líquidos no corpo. Ele é também o mais indicado para reduzir os sintomas TPM.

O mel na cozinha

E em meio a tantos tipos de mel fica até difícil de saber qual é o mais saboroso e, principalmente, qual deles é o melhor para cozinhar. Mas Renato Azevedo tira também essa dúvida. “O mais indicado é o mel da florada de flores do campo, pois este não altera o sabor do alimento e garante os benefícios para a saúde, além de manter um sabor delicioso”, destaca. 

Outra questão que sempre vem na hora de escolher o mel é como saber se o produto é puro ou se foi adulterado. “O teste é simples e pode ser realizado em casa. Basta misturar uma colher de mel com um pouco de água (mais ou menos 20 ml) e pingar umas 10 gotas de iodo (aquele que compramos na farmácia). Se o mel continuar com a mesma coloração é porque é puro, mas se ficar com uma coloração escura é porque o mel está adulterado”, explica Renato Azevedo.

É importante lembrar que somente um médico pode dar um diagnóstico seguro de qualquer doença, sendo o mel e outros produtos importantes na prevenção e na complementação dos tratamentos. Mesmo sendo um produto natural, o mel também pode causar alergias, por isso é importante ficar sempre atento.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto