Escalda-pés: reduz as dores dos pés e renova as energias para o dia a dia

Etiene Resende
Ainda que digam que se trata apenas de uma maneira de aliviar as dores nos pés, um escalda-pés pode surpreender pelos diversos benefícios

Escalda-pés vai muito além do simples alívio das dores.


No mundo atual, tudo parece estar acontecendo ao mesmo tempo e o resultado disso são os inúmeros afazeres que tomam conta do cotidiano. Além do cansaço físico gerado pelo acúmulo de tarefas, o próprio corpo começa a dar sinais de que há uma sobrecarga também emocional, resultando em um aumento do estresse e dos sintomas da fadiga.

Para quem se encontra nesta situação e não tem como diminuir o ritmo, a melhor coisa a fazer é buscar alternativas que possam aliviar o peso desta rotina. Visto como uma maneira de reduzir as dores nos pés de quem usa salto alto por longos períodos ou permanece de pé durante horas, o chamado “escalda-pés” pode uma boa opção e vai muito além do alívio de incômodos nos membros inferiores.

De acordo com a terapeuta Janice Veiga, por ser um momento de cuidado pessoal e de relaxamento, o escalda pés pode trazer muitos outros benefícios. “Ele relaxa e ajuda a reestabelecer tanto o equilíbrio físico, retirando as dores musculares e reativando a circulação na região dos pés, quanto emocional, renovando as energias para seguir em frente ainda mais ‘leve’”, destaca.

Como fazer um escalda-pés?

A especialista afirma que esta é uma técnica muito antiga e que pode ser feita de muitas maneiras diferentes, de acordo com cada caso. “Existem muitos relatos de pessoas que contaram com a ajuda do escalda-pés para curar problemas emocionais sérios e até mesmo da depressão”, ressalta, lembrando que em casos graves a técnica entra de maneira complementar ao tratamento convencional.

E não é preciso muito para se fazer um escalda-pés, o que possibilita que qualquer pessoa possa fazê-lo em casa mesmo. “O princípio é sempre o mesmo: uma bacia com água aquecida entre 36ºC e 40ºC. Em seguida basta acrescentar algum óleo essencial, sais especiais ou a combinação de outros produtos para ter um escalda-pés que já faz toda diferença”, explica Janice Veiga.

A terapeuta acrescenta que a água deve cobrir até a canela. O escalda-pés de durar entre 10 a 20 minutos. “Uma boa ideia é colocar algumas bolinhas de gude dentro da bacia para aproveitar o momento e ir massageando os pés”, destaca. Ao terminar, importante enxugar bem os pés e colocar meias.  

A única contraindicação do escalda-pés é para mulheres grávidas, pessoas hipertensas ou com câncer em situação de metástase, pois esta técnica lida exatamente com o fluxo sanguíneo e pode afetar de alguma forma. 

Receitas de escalda-pés para fazer em casa

Para relaxar
Acrescente à água quente:
  • Chá de camomila
  • 3 rodelas de limão 
  • 5 gotas de óleo de amêndoas

Para ativar a circulação
Coloque na água quente:
  • 3 rodelas de laranja 
  • Várias folhas de hortelã

Para renovar as energias
Acrescente à água quente:
  • 5 gotas de essência de lavanda 
  • 3 ramos de alecrim

Copyright foto: Istock

Leia também:

Anúncio google

1 comentário

Conteúdo muito bom e informativo! Escrevi um artigo sobre dores no pé que pode e relacionar com esta matéria aqui.