Clareamento dental: conheça a técnica que deixa os dentes mais brancos

Ana Paula Cardoso

Dentistas indicam o tratamento e explicam o procedimento para clarear os dentes

Clareamento dentário é um procedimento estético que exige alguns cuidados.

 

Ter um sorriso perfeito é sinônimo de dentes brancos. Mas a cor dos dentes sofre algumas alterações e, ao longo da vida, podem ficar amarelados. Para resolver o problema, fazer clareamento pode ser a solução.

"O clareamento dentário é indicado para indivíduos jovens e adultos que apresentam alterações de cor na coroa dental (esmalte do dente) e cuja percepção é feita pelo próprio indivíduo", diz a Dra. Rosane Menezes Faria, dentista da Caixa Seguradora Odonto

Segundo a especialista, as causas de alteração de cor no esmalte dos dentes podem ser por fatores endógenos (internos) ou exógenos (externos). 

"As alterações endógenas ocorrem na época da formação dos dentes, como por exemplo a fluorose e o uso abusivo de tetraciclina, e as causas exógenas, ocorrem após erupção dos dentes, seja por fatores externos, como exposição a substâncias como chá, café e cigarro e traumas dentais", completa a dentista.

Técnicas de clareamento dental

O procedimento é meramente estético, mas é preciso sempre seguir as recomendações do dentista. Aos pacientes com dentes sensíveis, por exemplo, o recomendado é que seja realizado um tratamento para controle da sensibilidade antes de partir para o clareamento dental. 

“Inclusive, se o paciente se queixar de sensibilidade durante o tratamento clareador, existem métodos que são conduzidos pelo profissional, com o uso de fluoretos ou o selamento das regiões expostas que causam a sensibilidade”, afirma a odontologista da Quallis, Taciana Anfe. 
 
As técnicas de clareamento mais utilizadas nos consultórios de dentistas brasileiros são:

  • Técnica de clareamento caseiro: utiliza-se moldeira com agente clareador, normalmente uso noturno;
  • Técnica de clareamento em consultório: pode-se utilizar ou não o laser, o qual é responsável por acelerar o processo de clareamento;
  • Técnica mista: faz-se uma parte em casa e complementa com lazer em consultório.

Cuidados após o clareamento dental

Por ser um tratamento estético realizado com o uso de peróxidos, que tornam os dentes mais brancos, é preciso tomar alguns cuidados. “O paciente deve manter uma boa higiene e não exagerar no consumo de bebidas corantes, como café, vinho tinto e refrigerantes à base de cola, por exemplo”, recomenda a Dra. Taciana.

O tempo total do procedimento de clareamento dental é variável, mas, em média, dura três semanas. Quando o clareamento é realizado da maneira adequada, a cor adquirida pode se manter por anos, mas outros fatores externos também podem afetar o resultado do tratamento ao longo do tempo. 

Alguma alteração na cor dos dentes e manchas superficiais podem ser provocadas pelo uso de cigarro ou ingestão frequente das bebidas já citadas. Mas seis meses após o procedimento já é possível realizar os chamados retoques.

Uma das maiores preocupações de quem busca o clareamento dental é que os dentes tornem-se porosos, doloridos e enfraquecidos. Mas segundo especialistas, isso é um mito.

"O dente pode ficar mais sensível, mas não poroso, dolorido ou enfraquecido. Isso ocorre porque os poros ou canalículos ficam abertos para que o gel clareador libere as moléculas de pigmento que estavam impedindo a luz de passar. Mas este procedimento não corrói o esmalte do dente", afirma a dentista Rosane Menezes Faria.

Copyright foto: iStock
 

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto