Carqueja: conheça os benefícios e propriedades medicinais desta planta

Etiene Resende

Multifuncional, a carqueja é utilizada para fins medicinais e traz inúmeros benefícios para a saúde

A Carqueja está entre as plantas com maior capacidade de cura natural.


Não é preciso ser um especialista para compreender que, de certa forma, a maior parte os medicamentos existentes são retirados da natureza. Eles passam por processos de síntese e são transformados nas drogas receitadas pelos médicos. Por isso, muitas pessoas ainda preferem optar por alternativas menos industriais na cura de doenças, fazendo uso se remédios à base de plantas. Neste cenário, a carqueja possui um lugar de destaque.

Há quem diga que ela seja a cura para todos os males, o que para muitos é um exagero. “Esta fama se dá pelo fato de ser uma planta abundante e também por suas propriedades naturais de cura. Em cada região ela ganha um nome diferente, podendo ser erva-carqueja, carqueja, flor-de-carqueija, querqueijeira, carqueija, entre outros”, destaca Vanessa Cardoso, que é especialista em cura pela natureza.

O mais comum é que a carqueja seja consumida em forma de chás, utilizando principalmente suas flores e folhas em infusões. “Em alguns casos ,pode ser indicada a utilização da raiz da planta na produção e remédios caseiros, mas é preciso consultar um especialista em cura pela natureza para não correr riscos”, afirma.

A especialista avisa que o exagero no consumo deve ser evitado, uma vez que o excesso pode levar a uma intoxicação. “Mesmo se tratando de um produto totalmente natural, desaconselhamos o consumo contínuo por longos períodos", afirma.

A ingestão de chás ou compostos dessa planta não é recomendado para mulheres gestantes ou lactantes. Já no caso de pessoas com diabetes, o mais indicado é perguntar ao médico, pois a planta possui efeito hipoglicemiante que pode prejudicar o tratamento.
 

Benefícios e propriedades medicinais da carqueja

Não é à toa que a infusão das flores de carqueja é considerada como a ‘cura para todos os males’, já que possui propriedades terapêuticas e medicinais já confirmadas por estudos. “É recomendado o consumo da infusão com as flores da carqueja para uma diversidade enorme de situações, já que ela é rica em compostos fenólicos, com propriedades anti-inflamatórias”, afirma.

Entre os principais compostos da carqueja podemos destacar o ácido cafeico, ácido clorogénico, ácido elágico, ácido ferúlico, ácido p-cumarínico, ácido siríngico e ácido vanílico, além da quercetina. Por isso é muito indicada para o tratamento de problemas digestivos, sendo também um poderoso analgésico gástrico-intestinal.

Esta planta milagrosa pode servir, ainda, como uma espécie de sedativo, pois atua também sobre o sistema nervoso. “Além disso, é comum que a carqueja seja usada para eliminar o cansaço físico, agindo como uma espécie de tônico estimulante para quem anda meio desanimado”, afirma Vanessa Cardoso.

O consumo da craqueja pode contribuir para o bom funcionamento do sistema circulatório, uma vez que a planta é considerada um excelente vasodilatador e depurativo. “Lembrando que nestes casos é importante conversar com o médico sobre o seu uso”, ressalta a especialista.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto