Invista no chá de quebra pedra e ganhe mais saúde

Daniel Navas

O chá de quebra pedra, tão conhecido por ajudar quem sofre de cálculo renal, também pode contribuir no combate a outros problemas 

Pressão alta, problemas no trato digestivo, inchaço são tratados com chá de quebra-pedra.


O nome popular dado ao chá de quebra-pedra não foi à toa. Isso porque a erva é capaz de eliminar as famosas pedras nos rins, que desencadeiam o cálculo renal, doença caracterizada por períodos de dor intensa na região abdominal e ardência na hora de fazer xixi.

Um recente estudo comprovou que a utilização da planta promove um relaxamento dos ureteres – tubos que conduzem a urina até a bexiga – que, aliado a uma ação analgésica, facilita a descida dos cálculos, geralmente sem dor e sem sangramento.

Além disso, o chá de quebra-pedra ajuda a eliminar o ácido úrico, substância que, em excesso no corpo, contribui para a formação das calcificações.

“A planta normaliza os altos níveis de cálcio na urina, o que reduz a formação dos cálculos, provavelmente por interferir nos primeiros estágios de formação de pedra nos rins”, explica Paula Crook, nutricionista da PB Consultoria em Nutrição.

Adeus, inchaço com o chá de quebra-pedra

Outro benefício do chá de quebra-pedra, que pode ajudar bastante as mulheres, envolve o seu efeito diurético. A bebida contribui na redução dos inchaços vindos da retenção de líquidos no organismo.

E, como o inchaço deixa o corpo maior, e até com alguns pesos a mais, a ação diurética da erva, consequentemente, contribui para o emagrecimento. Mas claro que a perda dos quilos só continuará se for feita com a prática de exercícios físicos e a mudança na alimentação.

O estômago agradece

O chá de quebra-pedra ainda pode ser um amigo e tanto do trato digestivo. Isso porque a bebida ajuda a criar um ambiente mais propício para a proliferação das bactérias do bem no intestino, o que pode contribuir com o fim de alguns distúrbios, como:

  • infecções intestinais;
  • gases;
  • e dores no estômago.

E ainda tem mais. “Por conta da sua grande quantidade de bioflavonoides, substâncias antioxidantes, o chá de quebra pedra também auxilia a eliminar os radicais livres, elementos que, em excesso no corpo podem causar problemas, como o envelhecimento precoce e a baixa do sistema imunológico”, conta Thais Tezza, nutricionista.

Chá de quebra-pedra equilibra pressão arterial 

A bebida, que pode ser consumida quente ou fria, ajuda ainda no controle da hipertensão. Isso porque o chá de quebra pedra é rico em uma substância chamada geranina, que consegue reduzir a elevação da pressão arterial no organismo.

Para preparar o chá e manter todos os nutrientes e benefícios, as profissionais indicam duas maneiras diferentes: uma com a folha seca e a outra com a erva fresca.

“Para o primeiro caso, use 1 litro de água e 5 colheres de sopa das folhas secas. Coloque-as na água e leve ao fogo. Deixe ferver por aproximadamente 10 minutos. Desligue o fogo, tampe o recipiente e deixe descansar por cerca de dez minutos”, explica Thais.

Já para a erva fresca, basta ferver a água, desligar o fogo e só então colocar 1 colher de sopa das folhas. Tampe o recipiente e deixe descansar por 10 minutos antes de tomar.

“É indicado 3 xícaras do chá de quebra-pedra ao longo do dia. E não é recomendado tomar a bebida por mais de uma semana, pois pode ser tóxico para o fígado”, alerta Paula.

E quanto ao grupo de risco, a nutricionista afirma que as gestantes não podem ingerir o chá de quebra-pedra, pois ele pode ter efeito abortivo. Já as mulheres em período de amamentação, idosos e pessoas com a imunidade baixa, o indicado é procurar um nutricionista para avaliar se a erva pode ser consumida, ou não.

Copyright foto: iStock

Leia também:

Anúncio google

Nenhum comentário disponível sobre este assunto