0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Culote nunca mais!

Quer se livrar do culote? Confira esses exercícios e tenha as coxas que sempre quis!

Confira nossos exercícios para firmar o quadril e as coxas e dê adeus ao culote!


Para moldar o quadril e fazer com que o culote desapareça, é preciso começar reafirmando essa área do corpo. Esses 10 exercícios cumprem essa missão. Para uma maior eficácia, repita-os pelo menos três vezes por semana. Quanto ao regime, uma alimentação mais saudável será o seu melhor aliado. Depois disso, você só precisa aguardar para ver o resultado!


1. Tonificar os quadris

Posição: utilize o acessório adequado: uma vara para segurar e manter o equilíbrio. Para tornar o exercício mais difícil, e, portanto, mais eficaz, pegue uma cadeira alta e deixe a vara de lado.
Movimento: enquanto a perna esquerda funciona como apoio, flexione e estenda a perna direita em cima da cadeira. A coxa fica imóvel.
Duração da sequência: mantenha-se nesta posição 45 segundos. Repita o movimento 6 vezes e inverta o apoio na outra perna na metade do tempo.

2. Fortalecer o quadril 

Posição: mantenha-se ereta, os ombros encaixados. Contraia a barriga e cuide de manter o quadril imóvel.
Movimento: de maneira simultânea, afaste o braço esquerdo e a perna direita, enquanto expira o ar. Na volta, não coloque o pé no chão e recomece o exercício.
Duração da sequência: mantenha-se nesta posição 30 segundos e respeite um tempo de descanso de 15 segundos. Repita o movimento 5 vezes e troque de lado na metade do tempo.

3. Estimular o quadril... e o coração!

Posição: Use uma vara e um elástico que possa ser usado em volta dos calcanhares. Fique ereta, ombros encaixados, dobre as pernas.
Movimento: aos poucos, estenda as pernas e simultaneamente, afaste a perna direita para o lado. Inspire ao flexionar, expire ao estender.
Duração da sequência: mantenha-se nesta posição por 45 segundos e observe um repouso de 15 segundos. Faça 6 repetições, trocando de lado na metade do tempo.

4. Modelar o peito e o quadril

Posição: mantenha-se ereta, os ombros encaixados e o quadril firme. Coloque os cotovelos na altura dos ombros e passe um elástico em volta dos calcanhares, mantenho-o estendido graças à força das pernas.
Movimento: pressionando uma mão contra a outra, afaste a perna direita e em seguida volte à posição inicial mantendo o elástico estendido.
Duração da sequência: mantenha-se nesta posição 30 segundos e observe 15 segundos de descanso. Faça 5 repetições e troque de lado.

5. Fortalecer o quadril

Posição: mão e joelho diretos apoiados no chão, vire de lado, a coxa direita na vertical. Passe um elástico na altura dos joelhos.
Movimento: afaste o joelho esquerdo tentando colocá-lo o mais alto possível. Expire, inspire. Trate de não soltar completamente o elástico.
Duração da sequência: recomendam-se 4 séries de 10 a 15 movimentos cada.

6. Enrijecer a parte externa das coxas

Posição: joelho e antebraço direitos apoiados no chão, deite-se de lado, a coxa direita na vertical. Trate de se manter ereta para que as costas fiquem planas. O step não é obrigatório.
Movimento: estenda a perna esquerda. Ela deve estar perpendicular ao tórax. Levante o pé o mais alto possível e volte à posição inicial sem tocar no chão, ou o step.
Duração da sequência: recomendam-se 4 séries de 15 a 30 movimentos cada.

7. Fortalecer os glúteos 

Posição: pés afastados e calcanhares no chão, dobre as pernas. Coloque um elástico em volta dos calcanhares e mantenha-o esticado o tempo todo.
Movimento: estenda as pernas progressivamente e, simultaneamente, afaste o pé direito para o lado. Ao chegar ao máximo da impulsão, fique imóvel por dois segundos. Volte em seguida à posição inicial.
Duração da sequência: recomendam-se 4 séries de 10 a 15 movimentos cada.

8. Esculpir o quadril

Posição: Deite-se sobre o lado esquerdo, apoiando-se no antebraço, colocado de maneira perpendicular.
Movimento: bem devagar, levante a perna direita o máximo que conseguir e mantenha a posição por 5 segundos.
Duração da sequência: recomenda-se 1 série de 10 movimentos para cada perna.

9. Remodelar a parte inferior do corpo

Posição: deitada sobre o lado direito, levante o braço para o alto, de maneira a colocar a cabeça sobre o ombro. Aproxime as duas pernas flexionadas, em ângulo reto. Mantenha as costas retas.
Movimento: bem devagar, levante uma das pernas flexionadas de lado o máximo que conseguir. Volte à posição inicial e recomece.
Duração da sequência: recomendam-se 3 séries de 15 movimentos cada.

10. Se tornar mais flexível

Posição: fique bem ereta, os ombros encaixados. Para manter o equilíbrio, apoie-se numa barra ou num móvel. Estique as pernas, as pontas flexionadas.
Movimento: num primeiro tempo, levante a perna direita para o lado, o mais alto possível, e continue por impulsão. Para ajudar, você pode flexionar a perna esquerda.
Duração da sequência: recomendam-se 2 séries de 15 movimentos cada.

Copyright foto: Istock

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Culote nunca mais!', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo