0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Dior: o rabo de cavalo retrô do desfile de Alta-Costura

O desfile de Raf Simons encantou o público com uma coleção que combina botas cuissardes de vinil, macacões geométricos e vestidos de guipir. Uma mistura de estilos destoante que tem também seu lado romântico, graças a um make-up nude e um penteado inspirado nos anos 50: um rabo de cavalo comportado e original.

Rabo de cavalo original no desfile da maison Dior, primavera-verão 2015.

Evidentemente, neste espaço criado especialmente para a ocasião – andaimes gigantes sobre um carpete rosa – não tem como não ficar impressionado com esta coleção cheia de cores, desenhada por Raf Simons.  
Quanto ao make e ao penteado, eles não ficam devendo. Mas a maison preferiu uma maquiagem suave e romântica com sobrancelhas bem marcadas. O grande destaque é o rabo de cavalo sofisticado e muito original. Partindo de um rabo simples com um leve topete e muito laquê para não deixar escapar nem um fio de cabelo, vemos um 'meio' rabo de cavalo ligado a uma peruca através de dois círculos de plásticos coloridos. Um look  que a primeira vista é comportado, mas que se revela um tanto maluco, à imagem desta coleção extremamente criativa.

Copyright foto: Imaxtree

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Dior: o rabo de cavalo retrô do desfile de Alta-Costura', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo