0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Dia Mundial do Autismo: conscientização é a palavra de ordem

Comemorado em 2 de abril, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo pretende abrir a discussão sobre o transtorno que afeta cerca de 70 milhões de pessoas no mundo, a maioria do sexo masculino, de acordo com estimativa da ONU 

Autismo atinge uma em cada mil crianças nascidas no mundo, sendo a grande maioria meninos.


O Dia Mundial de Conscientização do Autismo, celebrado em 2 de abril, foi implementado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007, a fim de abrir as discussões em torno do problema que atinge uma a cada mil crianças que nascem no mundo

Para evidenciar a data, a campanha internacional propõe que as pessoas se vistam de azul, porque o autismo é mais comum em meninos - numa proporção de quatro casos em pessoas do sexo masculino, contra um em mulheres. No Brasil, a busca por informações cresce a cada ano e, em 2015, o dia será marcado por eventos e debates sobre o transtorno. Monumentos como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, serão iluminados de luz azul.

O autismo é considerado uma disfunção do desenvolvimento humano, que afeta a capacidade de comunicação, a socialização (ligada à capacidade de estabelecer relacionamentos) e o comportamento do indivíduo, impedindo-o de responder adequadamente às convenções ou aos estímulos do ambiente externo. Os autistas também apresentam dificuldades de adaptação aos métodos tradicionais de ensino, o que dificulta a vida dos pais quando a criança entra em idade escolar. 

Sancionada em dezembro de 2012, no Brasil , a “Política Nacional de Proteção aos Direitos do Autista" estabelece que os portadores do distúrbio sejam considerados pessoas com deficiênciaIsto representa que os autistas têm direito a todas as políticas de inclusão do país, entre elas, o de frequentar escolas públicas sem discriminação. Mas ainda há resistência, preconceito de outros pais e falta de treinamento de professores para lidar com os casos.

Dentre os vários eventos marcados para o dia no país, que vão desde mostras de filmes até debates organizados por ONGs, está prevista uma audiência pública no Congresso Nacional para a discussão do tema: “O autista e sua relação com a educação, cultura e o esporte”. A iniciativa foi do senador Romário Faria, ex-craque da Seleção Brasileira, atualmente engajado em vários projetos sobre direitos de pessoas com deficiência no Brasil.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Dia Mundial do Autismo: conscientização é a palavra de ordem', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo