0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Ficar muito tempo sentado faz mal até para quem se exercita

Estudos associam o tempo em que a pessoa fica sentada com a propensão a desenvolver doenças; medidas simples podem solucionar o problema

Ficar muito tempo sentado prejudica a saúde até de quem faz exercícios.


Não é nenhuma novidade que a vida sedentária faz mal à saúde. Porém, pesquisas científicas comprovaram que mesmo quem faz atividades físicas frequentes não está livre dos males causados pelas horas sem movimento. 

Um estudo publicado este ano pela Universidade de Toronto, no Canadá, revela que ficar sentado muito tempo causa sérios danos à saúde e ao condicionamento físico, mesmo em quem pratica esportes ou exercícios com regularidade. Ficar sem se levantar por horas requer cuidados além da preocupação com a postura.

Os pesquisadores canadenses concluíram, por exemplo, que pessoas que passavam muito tempo sentadas, cerca de 2 a 3 horas ininterruptas por dia, mostraram 90% mais chances de manifestar diabetes, 18% mais chances de morrer de alguma doença no coração ou contrair câncer, e 24% mais chances de viver menos, quando comparadas a quem não fica tanto tempo sentado. E estes dados já são as médias de pessoas que fazem e não fazem exercícios físicos.

A margem de falha da pesquisa foi considerada pequena pelos pesquisadores e o dado mais surpreendente, até para quem conduziu o estudo, foi justamente o fato de que, mesmo quem faz exercícios físicos de 30 a 60 minutos por dia, quase não teve a margem percentual de problemas de saúde reduzida. 

A conclusão da pesquisa foi que de nada adianta movimentar-se diariamente se sua rotina contempla um estado de repouso frequente e constante. O ideal é levantar e andar sempre que possível. E quando não for possível, tentar criar as situações para sair do repouso.

Pausas e movimentos

Como a única forma de evitar o mal causado pelo excesso de repouso é passar menos tempo sentado, levantar-se ou tentar fazer algumas das atividades profissionais em pé pode ser o caminho.

No trabalho, faça pausas de hora em hora e, quando possível, de meia em meia hora. Caso sua atividade não permita esses intervalos, tente ao menos ficar em pé de 5 a 10 minutos a cada hora. As pausas de hora em hora são saudáveis não somente para o corpo, mas também favorecem a concentração.

Quando for falar ao telefone, tente fazê-lo de pé. Procure trocar as reuniões entre duas pessoas por caminhadas, mesmo dentro da empresa. Conversar andando permite a quebra do tempo sentado e ainda aumenta a objetividade: o fato de estarem longe das mesas de trabalho dá uma sensação psicológica de que é preciso voltar logo ao posto, dizem especialistas.

Algumas empresas oferecem pausas de ginástica laboral, normalmente conduzidas por fisioterapeutas. Nunca deixe de participar, alegando excesso de trabalho. Essa pausa pode ser ainda mais produtiva. Caso não haja esse tipo de benefício em seu trabalho, faça alongamentos por conta própria em algum espaço da empresa.

Nos horários de lazer, procure maneiras alternativas de se movimentar. Mesmo quando o programa é cinema, tente ir a pé ou deixar o carro um pouco mais longe do destino. No shopping, use as escadas. Essas pequenas medidas são a fonte de grandes benefícios a longo prazo.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Ficar muito tempo sentado faz mal até para quem se exercita', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo