1
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Fundador da marca Ed Hardy morre aos 57 anos

Criador da grife inspirada nos traços do tatuador Ed Hardy, o estilista francês Christian Audigier sucumbiu a um câncer de medula óssea

Christian Audigier fundou a marca Ed Hardy em 2004.


Christian Audigier pode não ser familiar para os brasileiros, mas uma de suas grandes criações já foi objeto de desejo entre descolados e moderninhos. Foi em 2004 que o estilista francês lançou moda com peças básicas estampadas com desenhos do tatuador americano Ed Hardy, artista que deu nome à marca que virou sensação entre celebridades. Radicado desde 2000 nos Estados Unidos, o designer faleceu nesta quinta-feira (09), após uma longa batalha contra um câncer de medula óssea.

Amigo pessoal de muitos famosos, Audigier criou um verdadeiro império fashion com inspirações no estilo rock’n’roll e custom. Suas criações acabaram caindo no gosto de estrelas do showbusiness depois que cantores como Britney Spears, Justin Timberlake e Madonna foram flagrados usando as camisetas com o logo icônico da Ed Hardy. Desde então, o estilista formou uma clientela de peso, incluindo Michael Jackson, Mariah Carey, Snoop DoggRonaldo, entre outros.

Em território americano, Audigier chegou a colaborar com outras marcas famosas, como American Eagle, Lee e Levi's, além da grife de bonés Von Dutch. Fora a investida na moda, o estilista também se lançou no mercado de vinhos, colaborando com uma vinícula no sul na França. Ainda entre seus negócios mais recentes, o empresário se associou em 2014 à Pretorian, marca esportiva brasileira, para comercializá-la mundialmente. A parceria somou mais alguns dígitos para sua fortuna, estimada em US$ 250 milhões.

Copyright foto: SUMPTION ERIK/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Fundador da marca Ed Hardy morre aos 57 anos', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo