0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Bepantol: 1001 utilidades

Indicado para cabelos, peles e lábios, o produto já virou o queridinho da mulherada e ingrediente principal de receitinha milagrosa

Qualquer pessoa, a partir de 12 anos, pode usar os produtos da linha Bepantol. Além disso, também pode ser usado em qualquer tipo de pele.


Quem pensa na pomada Bepantol, logo pensa nos bebês. Ela é, de fato, indicada para tratar as assaduras dos pequenos, mas não tem sido esse o motivo de sua fama. Atualmente a marca conquistou mulheres de todas as idades e passou a ser aliada no cuidado dos lábios, pele e cabelos.

A Dra. Juliana Machado, gerente médica da Bayer explica cada tratamento. Segundo ela, a linha Bepantol derma possui quatro produtos. O Bepantol Derma creme é recomendado para áreas ressecadas do corpo como, por exemplo, pés, cotovelos, joelhos, áreas depiladas, de atrito constante e, ainda, unhas e cutículas. 

Enquanto isso, o Bepantol solução, lançado recentemente na versão spray, é recomendado para pele e cabelos com necessidade de hidratação e proteção.

E por último, o Bepantol regenerador labial, que segundo ela, deve ser aplicado nos lábios sempre que houver necessidade de hidratação pois ele ativa a regeneração natural dos lábios.

Machado também afirma que qualquer pessoa, a partir de 12 anos, já pode usar os produtos. Além disso, pode ser usado em qualquer tipo de pele, mas é preciso sempre seguir as recomendações da embalagem. 

Quanto á frequência de uso,  os produtos podem ser usados diariamente e os resultados variam de pessoa para pessoa, dependendo da região aplicada. 

Misturinha milagrosa

Uma mistura que promete ser milagrosa foi divulgada recentemente envolvendo o Bepantol. A receita é do médico cirurgião Ivo Pitanguy, famoso pelas plásticas que já realizou em celebridades. Nela, além do Bepantol, outro produto famoso para assaduras também entra: o Hipoglós. A mistura fez tanto sucesso, que até a apresentadora Glória Maria, da TV Globo, aderiu à moda.

Quem já testou, afirma que ela ajuda a eliminar espinhas, diminuir olheiras, tirar manchas do rosto e hidratar a pele. Porém, segundo especialistas, a mistura funciona apenas para alguns tipos de pele, como a seca. Quem tem pele sensível e oleosa não fará diferença alguma.

A receita da misturinha é fácil: basta uma uma bolinha pequena de Bepantol, outra de Hipoglós com mais 3 gotas de Vitamina A. Em seguida, passe uma camada fina no rosto e deixe agir por 20 minutos. Em seguida, lave bem o rosto. 

Embora o sucesso da receita tenha sido muito difundido entre meninas e mulheres de todas as idades, Machado afirma que a recomendação do laboratório é de não misturar o Bepantol com nenhum outro produto. Sendo assim, antes de qualquer procedimento é importante, ela reforça, consultar um dermatologista.

Dicas das blogueiras

Separamos outras dicas muito divulgadas em blogs de como usar o Bepantol. Confira:

Contras olheiras: Passar embaixo dos olhos antes de dormir pode fazer com que você acorde com uma aparência melhor e mais leve. 

Espinhas: Funciona como um secativo.

Cílios: Passar diariamente um pouco do produto, com a ajuda de um pincel, pode deixar os cílios mais firmes e hidratados.

Sobrancelhas: Pode ajudar a conservar a cor do pigmento para quem fez micropigmentação. 

Para as estrias: Passe um pente fino com o produto no sentido contrário das estrias durante o banho. Depois seque o local, aplique o Bepantol líquido e espere secar. Por fim, aplique um creme hidratante. Com o tempo, é possível notar a diminuição das estrias.

Pós-depilação: Pode amenizar a sensibilidade e evitar irritação e desconforto. 

Para as cutículas ressecadas: Ajuda a hidratá-las. Para tanto, passe um pouquinho da pomada sobre as cutículas, fazendo uma massagem rápida em cada unha, empurrando-as para dentro. Deixe agir por 15 minutos. 

Copyright foto: iStock

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Bepantol: 1001 utilidades', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo