0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Pré-carnaval: cinco blocos de rua que antecipam a folia no Rio

Confira a seleção dos blocos de rua do Pré-Carnaval do Rio de Janeiro 

Bloco de Carnaval do Rio, o Simpatia é Quase Amor desfila no sábado anterior à folia.


Para alegria dos foliões ansiosos, em 2016 não será preciso esperar muito para se acabar na festa momesca. O Carnaval começa bem mais cedo, no dia 5 de fevereiro, quando o prefeito do Rio de Janeiro entrega a chave da cidade ao Rei Momo. E quem já estiver pela Cidade Maravilhosa, poderá começar a brincar ainda em janeiro. Basta seguir alguns dos mais animados blocos cariocas, que arrastam multidões pela ruas. 

Fizemos uma seleção de blocos de Carnaval do Rio que saem antes do início oficial da maior festa popular do Brasil. As datas, horários e locais já estão confirmados pela Prefeitura do Rio. Então, hora de escolher entre os blocos cariocas mais animados e tradicionais.

Seleção dos blocos cariocas pré-carnavalescos

O bloco de Carnaval 'Desliga da Justiça' sai antes do Carnaval e tem foliões vestidos de heróis ou vilões de desenhos animados.


Simpatia é Quase Amor

Um dos mais tradicionais bloco de rua do Rio sai no período de Carnaval e também no sábado anterior ao dia oficial da folia. O samba do Simpatia é próprio, isso significa que, até o fim do desfile, a maior parte dos foliões estará cantando o refrão que nunca se havia escutado antes.
Data prevista: 30/01/2016
Hora: 16h
Local: Concentração na Praça General Osório em Ipanema, desfilando pela Avenida Vieira Souto, a orla da praia de Ipanema.

Suvaco do Cristo

O nome oficial passou a ser somente 'Suvaco' desde que a Arquidiocese do Rio implicou com a brincadeira. O bloco foi batizado assim porque desfila pelas ruas do bairro do Jardim Botânico, bem ao pé do morro do Corcovado e literalmente sob os braços da estátua do Cristo Redentor. O bloco Suvaco de Cristo sai somente no domingo antes do Carnaval.
Data prevista: 31/01/2016
Hora: 10h
Local:  A concentração começa na Rua Jardim Botânico, esquina com Rua Faro e o bloco desfila pela rua Jardim Botânico.

Escravos de Mauá

Principalmente após a renovação da Zona Portuária do Rio de Janeiro, este é um bloco que mais atrai foliões e turistas na cidade. Costuma sair um pouco mais cedo que o Suvaco de Cristo. Para quem tiver fôlego, vale brincar no Escravos e depois partir direto para o Suvaco. O nome é uma referência ao local, onde o bloco desfila e que era o porto no qual atracavam os navios que vinham da África trazendo os escravos.
Data prevista: 31/01/2016
Hora: Concentração a partir das 11h e saída do bloco às 13h
Local: Largo da Prainha, no Centro, Zona Portuária do Rio.

A ritmista do bloco 'Desliga da Justiça' , Márcia Ribeiro, e sua fantasia de 'Preta de Neve'.


Imprensa Que Eu Gamo

O bloco foi idealizado por jornalistas, classe de profissionais que geralmente trabalha muito na cobertura dos quatro dias de folia, para que pudessem curtir o Carnaval. Atualmente não são só os profissionais de imprensa que se divertem e sim milhares de foliões acompanham o animado bloco pelas ruas do tradicional bairro de Laranjeiras, desfilando normalmente dois sábados antes do Carnaval. 
Data prevista: 23/01/2016
Hora: concentração a partir das 12h, saída às 15h
Local: Mercadinho São José, bairro Laranjeiras.

Desliga da Justiça

Um dos mais divertidos blocos de rua do Rio de Janeiro, onde todos os componentes da bateria estão vestidos de heróis ou vilões de histórias infantis, desenhos animados ou HQ. Também os foliões são incentivados a comparecerem fantasiados de heróis ou vilões. Destaque para a ritmista do bloco, a executiva Márcia Ribeiro, que já virou patrimônio do Carnaval de rua da cidade, com sua fantasia que ela mesma chama de 'Preta de Neve'.
Data prevista: 23/01/2016
Hora: 10h
Local: Baixo Gávea.

Copyright fotos: Reprodução / Facebook 

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Pré-carnaval: cinco blocos de rua que antecipam a folia no Rio', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo