0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Vítima de ataques racistas, Taís Araújo agradece o apoio dos fãs

Muita gente se mobilizou com o caso e a hashtag #SomosTodosTaisAraujo ficou no Trend Topics do Twitter

Taís Araújo foi vítima de comentários racistas em seu Facebook.


"Eu quero ser pra sempre todos vocês que me emocionaram hoje! TO-DOS! ‪#‎SomosTodosTaisAraujo‬", foi com essa frase que Taís Araújo agradeceu e fechou o domingo (01) tão comentado, por conta dos ataques preconceituosos que sofreu em sua rede social.

Uma onda de comentários maldosos diante de uma foto que a atriz publicou (veja imagem acima), gerou revolta entre os internautas. Piadas racistas não só incomodaram os fãs, como também a atriz, que respondeu com classe aos insultos. O detalhe é que a foto foi publicada no início de outubro e só veio à tona agora, um mês depois.

Em um desabafo, Taís respondeu aos insultos e afirmou que não vai se calar diante do preconceito vivido. "Absolutamente tudo está registrado e será enviado à polícia federal. E eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena nesse país", escreveu ela, que recebeu não só o carinho dos fãs, como dos colegas de profissão, que repostaram seu desabafo em várias redes sociais. (leia o texto na íntegra no final da matéria)

Segundo o delegado Alessandro Thiers, em entrevista ao Bom Dia Rio, as investigações do caso serão iniciadas nesta terça-feira (03) para saber se houve injúria racial, quando o preconceito é direcionado apenas a uma pessoa ou racismo, quando é coletivo. Se acusado de injúria racial, eles podem pegar até três anos de prisão, já o de racismo pode chegar a cinco anos.

No início de julho deste ano, a jornalista Maria Júlia Coutinho também foi vítima de comentários racistas. A polícia já ouviu um adolescente, que teria feito parte dos ataques e ainda procura por outros responsáveis pelo caso. Apesar de liberado, o rapaz vai responder por ato infracional e deve sofrer medidas socieducativas.

Confira o texto que Taís Araújo publicou em seu Facebook:
"É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar: na última noite, recebi uma série de ataques racistas na minha página. Absolutamente tudo está registrado e será enviado à polícia federal. E eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena nesse país, além do sentimento de pena dessa gente tão pobre de espírito. Não vou me intimidar, tampouco abaixar a cabeça. Sigo o que sei fazer de melhor: trabalhar. Se a minha imagem ou a imagem da minha família te incomoda, o problema é exclusivamente seu! Por ironia do destino ou não, isso ocorreu no momento em que eu estava no palco do Teatro Faap com O Topo da Montanha, um texto sobre ninguém menos que Martin Luther King e que fala justamente sobre afeto, tolerância e igualdade. Aproveito pra convidar você, pequeno covarde, a ver e ouvir o que temos a dizer. Acho que você está mesmo precisando ouvir algumas coisinhas sobre amor. 
Agradeço aos milhares que vieram dar apoio, denunciaram comigo esses perfis e mostraram ao mundo que qualquer forma de preconceito é cafona e criminosa. E quero que esse episódio sirva de exemplo: sempre que você encontrar qualquer forma de discriminação, denuncie. Não se cale, mostre que você não tem vergonha de ser o que é e continue incomodando os covardes. Só assim vamos construir um Brasil mais civilizado.
A minha única resposta pra isso é o amor!"

Copyright foto: Reprodução / Facebook

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Vítima de ataques racistas, Taís Araújo agradece o apoio dos fãs', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo