0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Após polêmicas, Oscar anuncia reformas para aumentar a diversidade

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em Hollywood pretende incluir mais mulheres e minorias em seus processos de escolha para o Oscar

Em sinal de protesto, Jada Pinkett Smith, e o marido, Will Smith, não devem participar do Oscar neste ano.


Depois das acusações de racismo por causa da indicação exclusiva de atores brancos para concorrer ao Oscar 2016, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas teve que tomar algumas medidas para incluir minorias raciais na premiação nos próximos anos. A polêmica surgiu quando o roteirista e produtor Spike Lee e a atriz Jada Pinkett Smith, mulher de Will Smith, declararam que não participarão da cerimônia nesta ano por falta de diversidade entre os indicados. 

Pelo segundo ano consecutivo, nenhuma atriz ou ator negro ou latino está na lista dos concorrentes à estatueta mais cobiçada de Hollywood. Para amenizar a polêmica que tomou força nas redes sociais nos últimos dias, o órgão responsável pelo Oscar anunciou que vai mudar as regras de filiação para garantir mais diversidade do prêmio máximo do cinema mundial.

Até 2020, a Academia pretende dobrar o número de mulheres e minorias com direito a voto. Além disso, vai lançar uma campanha para recrutar novos membros que representam uma maior diversidade de gênero e raça. Hoje, os indicados ao Oscar são escolhidos por mais de 6 mil membros, formados em sua grande maioria por homens brancos. 

A cerimônia do Oscar 2016 acontecerá no próximo dia 28 de fevereiro, em Los Angeles. E mesmo com boicotes de vários artistas negros, o evento será apresentado pelo humorista afro-americano Chris Rock. 

Copyright foto: HBE/HSS/WENN.COM/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Após polêmicas, Oscar anuncia reformas para aumentar a diversidade', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo