0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Como começar a correr: 10 passos para iniciantes

Inspire-se na história de quem já corre há vários anos e veja dicas essenciais para quem quer começar a correr

Começar a correr exige mais do que apenas disposição e vontade.


Não há dúvidas de que correr é o esporte da moda. Certamente você tem um parente, um amigo ou pelo menos um conhecido que pratique corrida. Por isso, uma pergunta muito frequente é qual o motivo que leva tantas pessoas a começarem a correr e, principalmente, porque este esporte parece ser tão viciante.

A jornalista Edilene Lopes, praticante do esporte é um exemplo: “comecei a correr em 2007 ou 2008, na academia. Sempre gostei muito de esporte, malho desde os 17, quando a rotina agitada permite. Um dia vi um colega ficar na esteira por mais de uma hora. Pensei: vou tentar também. Pouco tempo depois me vi na esteira por 3h30 minutos, correndo quase 30km”, lembra.

E não demorou muito tempo para ela começar a correr fora da academia. “Com o tempo fui deixando a esteira, treinando na pista perto de casa e ganhei as ruas. A primeira corrida que participei foi em 2010, por incentivo de um grande amigo. Aí empolguei. De lá para cá tive muitas metas, melhorar a velocidade, o tempo, as distâncias. Hoje só tenho uma: correr quando eu tiver vontade e eu sempre tenho”, afirma, aos risos, a jornalista.

Ela diz que a distância máxima que percorreu até hoje foi de 36 quilômetros, mas faz planos mais ambiciosos. “O dia que eu tiver tempo para treinar, quem sabe não fecho os 42k de uma maratona? ”, ri mais uma vez Edilene Lopes, mostrando que o esporte realmente contagia.

A jornalista deixa um recado para quem quer praticar o esporte: “Correr deixa feliz, dá condicionamento, prepara a pessoa para o dia a dia e traz autoconhecimento. Costumo dizer que correr é a metáfora da vida: tem que saber a hora de acelerar, diminuir e pausar. Se você usa a corrida para desenvolver a consciência corporal, você sabe exatamente qual movimento te provoca qual dor, qual treino de dá mais bem-estar, qual você não gosta, mas é necessário. Se você leva isso para as outras áreas da vida, aí você apreendeu o melhor sentido da corrida”, conclui a jornalista.

Edilene Lopes correndo e aproveitando para se refrescar nos chafarizes da Praça da Estação, em Belo Horizonte.


10 passos para começar a correr

1 – Comece devagar – Por ser um esporte contagiante, é realmente tentador começar a correr por aí já testando seus limites, mas se você pretende levar o esporte à diante, vá com calma. A dica é ir acrescentando alguns piques de corrida na sua caminhada (ou esteira) e ir aumentando gradualmente.

2 – Não cometa exageros – O prêmio para quem exagera logo no início da prática esportiva são as lesões e, na maioria dos casos, o abandono do esporte. Você precisa sim buscar seus limites, mas precisa fazê-lo com segurança. Um conselho é aumentar gradualmente o tempo e a intensidade, em uma faixa segura que não ultrapasse 10% por semana.

3 – Entenda os sinais do corpo – Nesta prática esportiva algumas dores são normais, principalmente na coxa e panturrilha. Já outras podem indicar que algo está errado, como as dores agudas, que persistam ou piorem enquanto você caminha ou corre. A dica neste caso é repousar por 3 dias e consultar o médico caso não melhore neste prazo. 

4 – Lembre-se dos equipamentos – Os poucos equipamentos que a corrida exige são indispensáveis: roupas confortáveis e apropriadas, além de um bom par de tênis. Este segundo precisa de mais atenção, pois existem modelos que são exclusivos para o esporte. Assim você poderá evitar lesões e obter resultados ainda melhores.

5 – Cuidado por onde corre – Não importa se você prefere correr no asfalto, em uma pista apropriada para o esporte ou em uma trilha: trace uma rota segura e conheça antes por onde vai passar. Assim você evita surpresas negativas, como o tipo de piso (que pode causar mais ou menos impacto ou mesmo de acidentes). 

6 – Mantenha a sintonia entre o corpo e a mente – Ao começar um esporte, especialmente a corrida, é preciso que haja sintonia entre corpo e mente, para que um não comece a sabotar o outro. Mantenha suas metas renovadas, seu corpo em forma e corra!

7 – Cuidado com a postura – Alguns ajustes na sua postura podem tornar a prática do esporte mais confortável e evitar lesões. Comece a correr com passos curtos, mantendo os cotovelos flexionados em 90 graus e com as mãos relaxadas. Mantenha a coluna ereta e o olhar sempre no horizonte.

8 – Defina suas pausas antes que seu corpo o faça – Estabeleça um cronograma de corrida com intervalos de descanso. Se você não pensar e preparar isto o seu corpo pode obrigar você a parar por um tempo muito maior. 

9 – Cuide bem da sua alimentação – Quem quer começar a correr deve cuidar da alimentação tanto antes quanto depois do treino, além de buscar um equilíbrio alimentar para a vida. Evite as calorias extras e lembre-se de que, em cada refeição, a metade das calorias deve vir de carboidratos complexos (frutas, vegetais e grãos integrais), enquanto um quarto deve ser proveniente de gorduras saudáveis (abacates, nozes, sementes e azeite) e o restante de fontes de proteínas magras (soja, peixe, frango, ovos, etc.).

10 – Tenha paciência sempre – Se cansar, descanse; se sentir dor, espere, se quiser parar, reflita, mas não abandone a corrida sem antes ter experimentado o que ela tem de melhor, o que está na continuidade. Compreenda que seu corpo e sua mente possuem limites e que quebrá-los demanda tempo. Mantenha o foco e corra sempre! 

Copyright fotos: iStock / Arquivo pessoal

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Como começar a correr: 10 passos para iniciantes', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo