0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Oscar 2016: Obama fala sobre a polêmica racial da premiação

O presidente americano questiona se a indústria cinematográfica está realmente garantindo oportunidade justa a todos

Obama se envolveu nas discussões sobre o racismo no Oscar, dizendo que o problema é mais amplo.

A falta de atrizes e atores negros indicados ao Oscar 2016 continua criando polêmica. Depois de Spike Lee e Jada Pinkett Smith anunciarem o boicote à cerimônia, desta vez foi o próprio presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, quem se pronunciou. Em entrevista a uma filial da ABC, ele questiona: “Estamos garantindo que todos tenham uma oportunidade justa?”. 

Para Obama, a indústria do cinema, assim como qualquer outra, deve buscar talentos e oferecer oportunidades. “Acredito que o debate do Oscar é na realidade uma expressão mais ampla dessa questão”, disse. "Isso colabora com um entretenimento melhor, faz com que todos se sintam parte de uma única família americana", completou.

Pelo segundo ano consecutivo, não há indicações de negros para a disputa da estatueta do Oscar na categorias de atuação. No início desta semana, o conselho da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou ações para aumentar o número de mulheres e representantes de minorias na instituição até 2020


Copyright foto: Carolyn Kaster/AP/SIPA

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Oscar 2016: Obama fala sobre a polêmica racial da premiação', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo