0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Pilates traz benefícios para gestantes até na hora do parto

A prática do exercício durante a gravidez melhora os inchaços nas pernas e dores na coluna

O Pilates fortalece a musculatura pélvica para o parto normal.


As mudanças no corpo da mulher durante a gestação podem gerar dores e desconfortos, já que neste período há um aumento da demanda nos músculos e articulações. Ficar parada, sem realizar nenhuma atividade física durante a gravidez, agrava ainda mais estes problemas. Um dos exercícios recomendados é o pilates, que alivia os inchaços, câimbras e auxilia até no momento do parto. 

A técnica respiratória trabalhada no pilates alivia a sensação de cansaço ocasionada ao longo dos nove meses de gravidez. Os exercícios tem foco na postura, equilíbrio e, ainda, no fortalecimento da musculatura. “A ativação desses músculos é importante durante a gravidez, pois normalmente eles se distendem dando origem a desequilíbrios posturais”, diz Renata Gomes Borba, fisioterapeuta do Centro de Qualidade de Vida.  

Mesmo mulheres que não praticavam o pilates antes da gravidez podem fazer os exercícios. Mas, antes, é preciso consultar um médico para saber se há restrições. Especialistas recomendam que os exercícios comecem a ser feitos após os três primeiros meses de gestação. 
 

Momento do parto

A fisioterapeuta Marília Barboni Luz, do L&L Espaço Vida ao Corpo, explica que o pilates ajuda na hora do parto normal. “A mulher tem mais controle na contração dos músculos do assoalho pélvico, que facilitam este tipo de parto. A prática de exercício antes do parto pode ser realizada normalmente, com foco na movimentação da pelve e postura”, completa. 

O pilates para a gravidez possibilita que a mulher relaxe com mais facilidade durante o parto normal, promovendo rápida recuperação e cicatrização nos casos do uso de episiotomia - incisão efetuada na região do períneo. 

“Não enfatizamos exercícios de fortalecimento abdominal durante a gestação e nem o uso demasiado do alongamento”, reforça Antônio Cláudio Fretz, fisioterapeuta e instrutor de pilates do Maha Studio do Corpo.

Mais benefícios

O pilates para a gravidez é um método estimulante que não trabalha músculos isolados e sim o corpo inteiro durante cada uma das aulas. Além da redução da ansiedade que surge quando se espera um bebê, o pilates auxilia no aumento da força e flexibilidade

Com esta atividade física, a mulher gestante consegue melhorar a circulação sanguínea em todo o corpo, combatendo desta forma as câimbras e os inchaços nas pernas.O pilates também estimula o sistema imunológico, dando mais energia para que a gestante desfrute melhor o período de gravidez.

“Já próximo do fim da gestação, trabalha-se muito com a gestante em pé ou sentada. Podemos fazer exercícios de respiração, exercícios de dissociação de cinturas e um leve trabalho isométrico de coluna, para evitar dores lombares”, garante Fretz. 

Copyright foto: iStock

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Pilates traz benefícios para gestantes até na hora do parto', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo