0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Açúcar de coco: mais saudável e menos calórico

Menos calórico que o demerara e o mascavo, o açúcar de coco não é processado, filtrado nem possui conservantes

Saiba mais sobre o açúcar de coco, o adoçante 100% natural.


Em excesso, o açúcar branco é um grande vilão: além de causar obesidade, é pobre em termos nutricionais, pois durante o processo de refinamento perde componentes valiosos. Por essa razão aconselhe-se substituí-lo por açúcares que não são refinados. É o caso do açúcar de coco, fonte de vitaminas do complexo B, cálcio, magnésio, ferro, cobre e zinco. 

O açúcar de coco faz parte da culinária e das ervas medicinais usadas no sudeste asiático há bastante tempo. Por ser produzido sem adição de químicos, é um dos melhores substitutos do açúcar refinado e um dos adoçantes mais saudáveis. Seu processo de extração é originário das flores da palma de coco, cujo néctar é retirado e aquecido ligeiramente em uma caldeira, resultando em um espesso caramelo. 

Baixo índice glicêmico

Como não é processado, filtrado nem possui conservantes, é considerado o açúcar mais saudável do mundo. Segundo a nutricionista Vanessa Gama da Clinica Benesse, o o produto à base da flor de coco é a melhor opção entre as variedades de açúcares, em função do seu índice glicêmico, que é baixo (38) em comparação ao do açúcar tradicional (70). Isso quer dizer que a liberação de energia no organismo é muito mais lenta, evitando picos de glicose no sangue e vontade de comer toda hora.

Ainda de acordo com Vanessa, o açúcar de coco adoça tanto quanto os outros. A diferença é que o pâncreas não é sobrecarregado nem libera maior quantidade de insulina para retirar o excesso de glicose do sangue. “Lembrando que esses picos de glicose, ocasionados por alimentos de alto índice glicêmico, fazem com o que o organismo tenda ao  maior armazenamento de gordura corporal, pois na ânsia de eliminar logo esse excedente de glicose do sangue, usa-a a para energia e o excesso armazena sob a forma de gordura”, ensina a nutricionista.

Em comparação a outros açúcares, também considerados mais saudáveis do que o refinado, como o demerara e o mascavo, o açúcar de coco também possui o menor índice glicêmico. “Embora também tenham minerais, [o mascavo e o demerara] possuem índices glicêmicos mais altos”, ensina a especialista. Além disso, o produto à base da flor do coqueiro também é a opção menos calórica: enquanto o açúcar mascavo possui 65 kcal por colher de chá, o de coco possui apenas 10 kcal.

Consumo

Segundo a nutricionista, qualquer pessoa pode consumir o açúcar de coco, com exceção de pacientes diabéticos ou pessoas que possuem necessidade de controle de açúcar. Nestes casos, é importante ter uma orientação profissional. Já sua recomendação diária, segundo Vanessa, não pode ser pré-determinada, pois "o açúcar não é um alimento que traz algum benefício a mais caso consumido em determinada quantidade diária”.

Vale ressaltar também que, mesmo substituindo o açúcar comum pelo de coco, é importante usar o alimento de forma dosada e moderada. “O excesso pode sim contar na balança!”, alerta a nutricionista. 

Em receitas, o usar o açúcar de coco pode ressecar o preparo. “Por isso, é preciso estar atenta na hora de substituir. O ideal é sempre ter na receita algo que garanta um aspecto mais molhado e pastoso como banana amassada ou frutas amassadas”, ensina Vanessa.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Açúcar de coco: mais saudável e menos calórico', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo