0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Conheça as razões para investir na educação musical de seu filho

Especialista explica porque a música é muito mais do que apenas diversão para as crianças e como isso pode impulsionar o desenvolvimento delas

A música ajuda a criança a desenvolver mais rapidamente.


Em geral,  pais e mães se esforçam ao máximo para que seus filhos tenham a melhor educação, além de buscarem outras atividades que possam contribuir para o melhor e mais rápido desenvolvimento das crianças. E entre estas atividades, as aulas de música podem ser uma grande aliada.

De acordo com a pedagoga e mestre em educação infantil, Marilúcia Antônia de Resende, a música está inserida em uma das principais dimensões do trabalho com a criança que é através do lúdico.

 “A criança brinca o tempo inteiro e é assim que ela constrói uma representação da sociedade. A música permeia esta brincadeira. Por isso em todos os povos, em todos os grupos de humanos existe uma dimensão lúdica relacionada à música. Eles cantam e dançam, pois é a música que permeia as relações humanas”, diz Marilúcia.

A pedagoga destaca ainda que no âmbito da primeira infância, entre 0 e 3 anos, costuma-se cantar para a criança dormir e isso faz parte de uma destas dimensões do desenvolvimento do grau de concentração infantil. 

“Ela ouve a música, relaxa e constrói uma memória afetiva em relação a estas canções. Há inclusive atualmente uma indicação para que a mulher grávida cante para seu bebê ou ouça músicas com ele, para que se possa criar uma memória, um registro afetivo relacionado à música”, afirma. 

A importância da música na educação infantil

Marilúcia Resende explica que no processo de educação da criança ou do bebê as músicas são fundamentais Os pequenos aprendem muito através das músicas. É esta relação lúdica da criança com a música que ajuda na construção de valores. 

"Dá para perceber que há sempre por trás de uma canção, como as cantigas de roda, por exemplo, uma menção ao coletivo, ao social, às relações interpessoais e isso ajuda a criança. Não se educa uma criança sem música”, reforça a especialista.

E esta ideia sobre a influência da música na educação  encontra embasamento teórico.  Segundo Marilúcia, Howard Gardner (psicólogo comportamental americano) afirma que as pessoas têm múltiplas inteligências, entre elas a questão da arte, da música e do movimento. 

"As pessoas aprendem de maneiras diferentes e a escola precisa proporcionar esta variedade didática. Neste aspecto, a música funciona como um mobilizador de aprendizagens”, explica a pedagoga. 

Importância da educação musical para crianças

Marilúcia Resende destaca ainda que a música trabalha com uma área do cérebro ligada às emoções, pois você ouve uma música e se lembra de um lugar, um sentimento. “Ela toca a sensibilidade da pessoa e ativa outras áreas do cérebro que compõem este todo cognitivo de aprendizagens”, diz a especialista. 

A pessoa que aprende a tocar um instrumento ou que canta ativa áreas do cérebro que são fundamentais para o aprendizado em geral. "Quando a escola ou os pais proporcionarem aos filhos uma educação musical, vão descobrir, por meio da música, uma forma de impulsionar o desenvolvimento da criança”, conclui a especialista.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Conheça as razões para investir na educação musical de seu filho', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo