0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Descubra os benefícios do Kefir

Deixados de molho na água ou no leite, grãos produzem um líquido capaz de melhorar a flora intestinal e prevenir doenças

Saiba tudo sobre o kefir e aprenda a prepará-lo em casa.


Descoberto há séculos, o kefir é um probiótico muito benéfico ao corpo humano e possui alto valor nutricional. Diferente dos leites fermentados vendidos nos supermercados, o kefir é fermentado não apenas por lactobacilos vivos, mas sim por mais de trinta tipos diferentes de micro-organismos. 

Segundo o Dr. Hugo C. Neves, nutrólogo e angiologista, pouco do que se lê sobre o kefir tem comprovação científica. Porém, estudos mostram que o seu consumo colabora na limpeza da membrana intestinal eliminando micro-organismos patogênicos da flora intestinal e trazendo grande alívio para muitos sintomas gastrointestinais e melhora da qualidade da permeabilidade intestinal. Por essa razão este probiótico é também muito utilizado para o tratamento da disbiose intestinal.

Além disso, o kefir apresenta alta concentração de vitamina Dde aminoácidos e de cálcio em forma de sais - que são mais facilmente absorvidos que o cálcio contido nos leites não-fermentados. Os grão deste probiótico também já foram testados em laboratório in vitro e em animais, tendo sido observadas propriedades anticancerígenas, antifúngicas, antivirais e antimutagênicas.

Como fazer?

O kefir foi criado na antiguidade e até hoje é desenvolvido sob condições quase impossíveis de serem reproduzidas em casa. Por isso, o melhor método para conseguir os grãos (ou uma colônia deles) é pela internet através de doadoresApós adquiri-lo, o kefir pode ser cultivado em água, leite ou leite de coco e tem duração ilimitadaA colônia tende a aumentar 10% mensalmente e, por esse motivo, o número de doadores aumenta a cada ano. 

Os grãos de kefir podem ter formatos distintos, segundo o médico. "Quando é criado em água, adquire formato de grãos, mas se for mantido no leite, fica com  aspecto semelhante a uma couve-flor", explica.  Mas por que esse probiótico deve ser mantido em ambientes aquosos? Segundo o Dr. Hugo, "ele se alimenta de carboidrato, como a lactose do leite. Caso seja cultivado em água, deve-se adicionar uma fonte externa de carboidrato, como o açúcar mascavo", explica. Outra opção são os leites vegetais, entretanto também é necessário acrescentar um carboidrato.

Depois de escolher o meio em que se colocará a colônia de probiótico, deve-se dispor todos os itens em um pote de vidro, que é tampado somente com um tule e deixado em um lugar arejado de 12h à 36 horas para fermentação. Após esse período, retira-se os grãos com auxílio de uma peneira e o líquido que ficou é o que deve ser consumido. Depois, os grãos devem ser imediatamente depositados de volta ao recipiente e receber mais leite (ou água e carboidrato). Assim, todo o processo é repetido. "Uma vez obtidos os grãos de kefir é possível manter sua produção para sempre, basta seguir as orientações adequadamente", ensina o médico.

Durante o manuseio, não é indicado usar instrumentos metálicos, pois a reação do metal com o ácido da fermentação pode estragar a bebida. Após voltar ao pote, a colônia deve ser mantida em local com pouca luz e de temperaturas ambiente (de 15.°C a 40.°C). 

O líquido produzido, explica o médico, pode ser tomado na hora ou guardado na geladeira, onde dura até 5 dias. Se for congelado, chega a durar 1 ano. Entretanto, os grãos não devem ser congelados. "Como a produção tende a ser contínua, é necessário estar organizado para usufruir dos benefícios do kefir diariamente. A sua saúde e, principalmente, o seu intestino serão extremamente beneficiados", explica Hugo.

Consumo

De acordo com o médico, quanto mais tempo deixar fermentando, mais azedo fica o gosto do kefir. "Cultivando em torno de 24 a 36 horas o gosto tende para um azedo leve. Mas atenção: a fermentação é acelerada em dias com temperaturas mais elevadas. Nesses dias vale diminuir o tempo", alerta.

Depois de pronto, o médico sugere algumas opções de consumo do líquido do kefir. "Se for ao fogo, pode perder muitas propriedades. Recomendo utilizar puro ou consumir com canela e cacau, por exemplo", ensina. Outras opções também incluem consumir misturado com frutas, cereais e até shakes.

Copyright foto: iStock

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Descubra os benefícios do Kefir', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo