0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Conjuntivite: saiba como tratar e prevenir

Doença pode atacar um ou os dois olhos e durar de uma semana a 15 dias 

Lavar bem o rosto e as mãos é uma das dicas para evitar a conjuntivite.


Olhos vermelhos e lacrimejantes, sensação de areia ou de ciscos nos olhos, coceira, dor e secreção nos olhos podem ser sinônimos de uma doença comum: a conjuntivite. Segundo Juliana Freitas, oftalmologista do D’Olhos Hospital Dia, ela pode ser provocada por reações alérgicas, por vírus e bactérias ou até mesmo por poluição, fumaça, cloro de piscinas, produtos de limpeza ou de maquiagem.

Tipos de conjuntivite

A doença, que é caracterizada como uma inflamação da conjuntiva (membrana transparente e fina que reveste a parte da branca dos olhos e o interior das pálpebras), pode atacar um ou os dois olhos e durar de uma semana a 15 dias. Os tipos mais comuns são: viral, bacteriana e alérgica. 

Quando a conjuntivite é causada por vírus ou bactéria, é contagiosa e pode ser transmitida pelo contato direto com partes do corpo de alguém que esteja infectado, como olhos, rosto e mãos. Outra forma de espalhar a doença se dá após o contato indireto por meio de objetos de uso comum, como telefones, maçanetas, controle remoto, toalha e sabonete usados por pessoas infectadas.

Tratamento

Ao menor sinal da doença, alerta a especialista, o importante é não se automedicar e procurar ajuda de um especialista. Depois de diagnosticada, a conjuntivite deve ser tratada da maneira correta, ou seja, com a medicação de acordo com o agente causador da doença. “Para a conjuntivite viral não existem medicamentos específicos, já o tratamento da bacteriana inclui a indicação de colírios antibióticos”, explica Juliana.

Seguir com o tratamento é fundamental para que a doença não evolua. “A conjuntivite pode se transformar em uma infecção secundária da córnea (ceratite) e da manchas esbranquiçadas na córnea, que causam fotofobia, lacrimejamento e comprometimento da visão, mesmo que temporário”, alerta a especialista. Além disso, o tratamento inadequado da conjuntivite pode levar à formação de catarata e glaucoma

O melhor remédio ainda é a prevenção, então para evitar o surgimento da doença, Juliana sugere algumas dicas:

  • Lave sempre o rosto e as mãos;
  • Não compartilhe produtos de beleza, tais como rímel e delineadores;
  • Evite coçar os olhos;
  • Troque frequentemente as toalhas do banheiro ou use toalhas de papel para o rosto e para as mãos;
  • Evite grandes aglomerações de pessoas;
  • Limpe as mãos com álcool-gel;
  • Não leve as mãos aos olhos sem as ter lavado.

Copyright foto: iStock

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Conjuntivite: saiba como tratar e prevenir', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo