0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Prince morreu de overdose, conclui autópsia

De acordo com o relatório, Prince morreu intoxicado por fentanil, um analgésico potente

Resultado da autópsia de Prince foi divulgado nesta quarta-feira (2).


O cantor Prince morreu por causa de uma overdose de opioides, informaram autoridades policiais por meio de um relatório divulgado nesta quarta-feira (2) com detalhes da autópsia do astro pop. 

Segundo com o documento, o astro da música pop morreu intoxicado por fentanil, um analgésico potente. Os opioides são analgésicos ou anestésicos à base de ópio indicados para uso supervisionado contra a dor, assim como a morfina. O resultado oficial da autópsia foi divulgado pela agência de notícias AP e pela Variety.

Prince morreu no dia 21 de abril aos 57 anos, e a causa da morte ainda não havia sido confirmada. Na época, a polícia encontrou o corpo do cantor em seu estúdio m Minnesota, nos EUA. Nas semanas que seguiram sua morte, fontes confirmaram que o cantor de 57 anos estava abusando de analgésicos.  

O cantor fez sua última apresentação no dia 14 de abril. Após o show, ele passou mal dentro de seu jatinho particular e o avião fez um pouso de emergência. Na ocasião, a equipe do cantor informou que ele estava com uma forte gripe, porém o site TMZ já noticiava que o mal estar do cantor poderia ser indícios de uma possível overdose.

Copyright foto: Chris Pizzello/AP/SIPA

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Prince morreu de overdose, conclui autópsia', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo