0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Angelina Jolie pode viver protagonista em adaptação de Agatha Christie

Atriz deve interpretar Harriet Hubbard em nova adaptação de ‘Um crime no expresso do oriente’, que será feita pela Fox Pictures e dirigida Kenneth Branagh 

Atriz já protagonizou grandes sucessos de ação e aventura.


A atriz Angelina Jolie, de 41 anos, pode ser a protagonista em uma adaptação do clássico de Agatha Christie, Murder on the Orient Express (Um Crime no Expresso do Oriente). As informações sobre as negociações entre a atriz norte-americana e a produtora do longa foram reveladas pelo jornal The Hollywood Reporter

A expectativa é de que as negociações com Angelina Jolie deem certo e que ela possa viver Harriet Hubbard, protagonista de uma das histórias de Agatha Christie com sucesso mais expressivo em todo o mundo. De acordo com as informações divulgadas, o filme será dirigido por Kenneth Branagh, responsável por adaptar Thor, entre outros sucessos. 

Ainda segundo a publicação, as gravações de Murder on the Orient Express devem começar ainda este ano, no mês de novembro, em Londres. As locações seguirão depois para a ilha de Malta. Alguns veículos da imprensa internacional já afirmam que a Fox Pictures, que é a produtora do filme, tem inclusive a data de estreia já marcada, o que aconteceria em 22 de novembro de 2017.

É importante ressaltar que esta mesma obra já recebeu uma adaptação para o cinema, quando em 1974, Sidney Lumet dirigiu um filme com o mesmo nome. Na ocasião, a produção contou com Lauren Bacall no papel de Harriet Hubbard, tendo ainda os Sean Connery e Albert Finney completando o elenco de estrelas.

Copyright foto: Petros Giannakouris/AP/SIPA

Veja também

Publicado por . Última modificação: por oRedacao.

Este documento, intitulado 'Angelina Jolie pode viver protagonista em adaptação de Agatha Christie', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o A Revista Da Mulher (https://arevistadamulher.com.br/) ao utilizar este artigo.
Adicionar comentário

Comentário

Comentar a resposta do usuário anônimo